Fechar
Publicidade

Sábado, 17 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Palmeiras encara pressão no Palestra contra o Vitória



07/06/2009 | 08:02


O Brasileiro ainda está no começo, Vanderlei Luxemburgo não gosta e não quer fazer previsões futuras, mas avisou na sexta-feira que o Palmeiras vai brigar forte pelo título. Está na hora, então, de os triunfos começarem a aparecer. Hoje, o time tem nova oportunidade para diminuir os sete pontos que o separam do líder Internacional, às 16h, contra o Vitória, no Palestra Itália.

A equipe vai entrar pressionada em campo. Os cinco jogos sem vencer (contando dois na Libertadores) causaram mal-estar entre parte da torcida e o time. O presidente Luiz Gonzaga Belluzzo já pediu para que o atrito chegue ao fim e exigiu que o elenco, principalmente Luxemburgo, não retruque as reclamações dos torcedores. O treinador não acredita que a lei da mordaça será imposta pelo mandatário alviverde - e, se for, dificilmente vai obedecer. "Não vou deixar de falar o que penso", avisou.

Sem Wendel, suspenso, Luxemburgo preferiu deixar o contestado e vaiado Fabinho Capixaba no banco para dar chance a Henrique, 22 anos, ex-Ituano. "O Fabinho já teve oportunidades dentro do clube e vou apostar em outras situações", explicou. Bom para o estreante do dia, que espera fazer melhor do que Capixaba e se tornar dono da lateral direita. "Cheguei e fiquei quieto, na minha", falou o tímido jogador. "É trabalhando que se conquista o espaço."

Além da mudança pelo lado direito, o Palmeiras terá cara nova também pela esquerda. Jefferson ganha o lugar de Armero, na seleção colombiana. Luxemburgo mantém o time no esquema 4-4-2, seu preferido. Como os dois laterais atuam mais como alas, avançando bastante, Pierre terá mais trabalho. "Tive de fazer ele recuar um pouco", explicou o treinador.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Palmeiras encara pressão no Palestra contra o Vitória


07/06/2009 | 08:02


O Brasileiro ainda está no começo, Vanderlei Luxemburgo não gosta e não quer fazer previsões futuras, mas avisou na sexta-feira que o Palmeiras vai brigar forte pelo título. Está na hora, então, de os triunfos começarem a aparecer. Hoje, o time tem nova oportunidade para diminuir os sete pontos que o separam do líder Internacional, às 16h, contra o Vitória, no Palestra Itália.

A equipe vai entrar pressionada em campo. Os cinco jogos sem vencer (contando dois na Libertadores) causaram mal-estar entre parte da torcida e o time. O presidente Luiz Gonzaga Belluzzo já pediu para que o atrito chegue ao fim e exigiu que o elenco, principalmente Luxemburgo, não retruque as reclamações dos torcedores. O treinador não acredita que a lei da mordaça será imposta pelo mandatário alviverde - e, se for, dificilmente vai obedecer. "Não vou deixar de falar o que penso", avisou.

Sem Wendel, suspenso, Luxemburgo preferiu deixar o contestado e vaiado Fabinho Capixaba no banco para dar chance a Henrique, 22 anos, ex-Ituano. "O Fabinho já teve oportunidades dentro do clube e vou apostar em outras situações", explicou. Bom para o estreante do dia, que espera fazer melhor do que Capixaba e se tornar dono da lateral direita. "Cheguei e fiquei quieto, na minha", falou o tímido jogador. "É trabalhando que se conquista o espaço."

Além da mudança pelo lado direito, o Palmeiras terá cara nova também pela esquerda. Jefferson ganha o lugar de Armero, na seleção colombiana. Luxemburgo mantém o time no esquema 4-4-2, seu preferido. Como os dois laterais atuam mais como alas, avançando bastante, Pierre terá mais trabalho. "Tive de fazer ele recuar um pouco", explicou o treinador.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;