Fechar
Publicidade

Domingo, 13 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

São Caetano reduz a criminalidade em 24%

Denis Maciel/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Roubo e furto de veículos tiveram as quedas mais significativas na comparação entre 2015 e 2014


Yara Ferraz
do Diário do Grande ABC

06/01/2016 | 07:07


São Caetano ostenta o título de cidade com a maior redução da criminalidade da Grande São Paulo em 2015. Isso porque o número de ocorrências registradas até novembro do ano passado foi 23,9% menor em relação ao mesmo período de 2014, conforme a Secretaria de Segurança da cidade.

As principais reduções foram observadas nos casos de furto de veículos – 33,9% (de 62 ocorrências para 41) –, roubo de veículos – 32% (50 para 34) – e roubos – 13,6% (81 para 70). O município não registrou nenhum homicídio nos dois anos em análise.

O cenário é reflexo do Programa Cidade Segura, lançado em 2014, considera o prefeito Paulo Pinheiro (PMDB). “Não descansaremos enquanto não reduzirmos ainda mais esses índices. A proteção da cidade e de seus moradores é prioridade.”

A ação estabelece 16 medidas relacionadas à Segurança Pública, das quais 14 foram cumpridas. “Renovamos toda a frota de 50 viaturas da GCM (Guarda Civil Municipal), compramos 200 pistolas calibre 380, o canil foi transferido para a Avenida Almirante Delamare e acabou virando uma base. Temos sete bases fixas e uma viatura disponível para cada uma. A Prefeitura também revitalizou a companhia da PM (Polícia Militar) e o 1ºDP (Fundação)”, disse o secretário municipal Marco Antônio Alvares Barreiras.

A administração investiu R$ 7 milhões dos R$ 9 milhões previstos no programa. Para este ano, a meta é concluir a compra de rádios comunicadores digitais e concretizar a renovação das 30 câmeras de monitoramento da cidade. “Somos o único município a manter a atividade diferenciada, que possibilita que 200 guardas (dos 400 GCMs no total) prestem serviços na folga. São 25 por dia no patrulhamento”, destacou Barreiras.

O responsável pela Polícia Militar na cidade, capitão João Francisco Terron, destacou a Dejem (Diária Especial por Jornada Extraordinária de Trabalho), que mantém oito policiais, além da atividade delegada, com 16. “Temos mais policiais nas ruas. Isso permite que o efetivo possa se preocupar com outra área ou com o atendimento de ocorrências.”

Quem mora na cidade reconhece o esforço. “É difícil encontrar um lugar em que a gente se sinta segura. Da região, São Caetano é a que menos sofre com esse problema”, disse o farmacêutico Marcos Gimenez, 77 anos. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;