Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 31 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Volpi aponta Chico do Judô e Ozelito como ‘bons vice’

Montagem/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Ex-vereadores estão na lista do tucano para a eleição rumo ao Paço de Mauá


Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

26/12/2015 | 07:00


Pré-candidato ao Paço pelo PSDB em Mauá, o ex-prefeito de Ribeirão Pires Clóvis Volpi começou articulação para ampliar a base de partidos aliados para o pleito do ano que vem e listou os ex-vereadores Chico do Judô (PEN) e Irmão Ozelito (SD), além do presidente do PHS municipal, Altair Deldono, como “bons nomes” para composição de vice.

“São pessoas que conheço há algum tempo, que têm trajetória na cidade. Seria uma boa composição. Minha ideia não é ter chapa pura, é ter composição. Mas tenho calma, porque haverá a janela de março e muita coisa pode mudar”, analisou Volpi, que pela primeira vez concorrerá à Prefeitura de Mauá.

O nome de Chico do Judô também é especulado no grupo político liderado pelo deputado estadual e pré-candidato ao Paço mauaense Atila Jacomussi (PCdoB) enquanto Ozelito traça planos ao lado do vereador Rogério Santana, que recentemente deixou o PT e migrou para a Rede Sustentabilidade.

Por enquanto, o que atrapalha a estratégia de Volpi é o baixo índice em sondagens. O levantamento feito pelo DGABC Pesquisas, publicado domingo pelo Diário, mostrou o tucano longe do protagonismo eleitoral a dez meses do pleito. Ele ficou em quarto lugar em um cenário (atrás de Atila, do prefeito petista Donisete Braga e da deputada peemedebista Vanessa Damo) e em quinto no segundo panorama (também atrás de Ozelito).

ALIANÇAS
Para Volpi, Donisete não perderá siglas aliadas até o registro da candidatura. “Partidos contemplados (com espaço no governo) continuarão ligados ao prefeito. Não vejo ninguém abandonando o Donisete porque a maioria é formada por partidos que estão há três anos e meio na administração. Vejo como impossível isso acontecer”, avaliou o tucano.

Recentemente, Donisete anunciou apoio do PDT, com a indicação de Cláudio Donizeti para a Secretaria de Trabalho e Renda. O PTB também está próximo de fechar com o petista depois que houve acerto sobre espaço na gestão. Inicialmente, Cleber Broch, genro do vereador Eugênio Rufino (PTB), foi indicado para substituir Aldo Cursino (PT) na Secretaria de Desenvolvimento Econômico. Porém, a sigla decidiu bater o martelo no nome de Luiz Carlos Peraltti.

A lista de coalizão ainda conta com PTdoB (Chiquinho do Zaíra é secretário de Planejamento Urbano), PSB (Carlos Tomaz, presidente local do partido, está na Pasta de Segurança Pública e Rinaldo Vargas Lage comanda a Habitação) e PRB (Erisson Miranda é titular de Cultura, Esportes e Lazer).

Oficialmente, Donisete alega que as mudanças em seu secretariado têm critério técnico, mas as nomeações visam amarrar apoio dos partidos para seu projeto à reeleição no próximo ano. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;