Fechar
Publicidade

Domingo, 17 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Direplan assume culpa por Inamar

Nario Barbosa/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Delegado revela que engenheiro admitiu erro
em execução da obra no estádio de Diadema


Felipe Simões
Do Diário do Grande ABC

08/12/2015 | 07:00


A Direplan, empresa que tocava as obras de ampliação e modernização do Estádio do Inamar, em Diadema, admitiu que uma falha de projeto provocou a queda da arquibancada social, em 7 de novembro, ferindo dois operários. Delegado titular do 4º DP (Eldorado) do município, Miguel Ferreira da Silva, que investiga o caso, ouviu Eduardo Battagin, engenheiro responsável pela empreiteira com sede em Capivari.

“O proprietário e o engenheiro responsável (Eduardo Battagin) acreditam em falha durante a execução do projeto”, afirmou o delegado. “Ele (Battagin) assume a culpa se houve alguma falha. Ele disse: ‘A responsabilidade é toda minha porque eu era responsável pela obra’”, explicou Ferreira.

O depoimento de Battagin foi, de acordo com o delegado, corroborado por um dos sócios da empresa, o chileno Richar Yone Cerda Contreras. Paulo Sirqueira, presidente do Água Santa, os operários Clemente dos Santos Viana e Scorty Moïse – haitiano operado na quarta-feira do pé esquerdo quebrado – também foram ouvidos pelo delegado, mas alegaram desconhecer os motivos da queda.

Ferreira ainda aguarda laudos do IC (Instituto de Criminalística) para saber com certeza as razões da queda da arquibancada. Foram colhidas amostras do concreto para análise.

O Diário procurou os representantes da Direplan para comentar o caso, mas eles não foram encontrados.

EM CASA

Após cirurgia no pé esquerdo, o haitiano Scorty Moïse retornou para casa. Amanhã ele volta ao hospital para avaliação.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;