Fechar
Publicidade

Domingo, 28 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

PT de Diadema marca prévia para fevereiro

Montagem/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Vicentinho, Maninho e Zé Antônio apresentam candidatura a prefeito e iniciam disputa


Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

02/12/2015 | 07:00


O PT de Diadema decidiu que haverá prévias entre o deputado federal Vicente Paulo da Silva, o Vicentinho, e os vereadores José Antônio da Silva e Manoel Eduardo Marinho, o Maninho, que manifestaram desejo de concorrer à Prefeitura pela legenda. A disputa interna está marcada para fevereiro, com período de inscrição de chapas até o dia 10.

A oficialização de embate interno foi feita em reunião do diretório de segunda-feira à noite. Nenhum dos três nomes recuou ou sinalizou possibilidade de composição, o que tende a acirrar ânimos no petismo para escolha de quem será o representante da sigla na tentativa de impedir a reeleição do prefeito Lauro Michels (PV).

Vicentinho conta com apoio de ala sindical do PT diademense e também da Articulação de Esquerda, mas é criticado por ter ficado duas décadas como militante do PT em São Bernardo (foi candidato duas vezes e perdeu as duas, em 2000 e 2004). Maninho possui adesão da maior parte da bancada de vereadores (Josa Queiroz, Orlando Vitoriano e Ronaldo Lacerda estariam próximo de Maninho). E Zé Antônio tenta convencer o ex-prefeito José de Filippi Júnior a externar sua bênção – o parlamentar foi secretário de Educação durante a gestão de Filippi.

Presidente do diretório petista e ex-prefeito da cidade, Mário Reali admitiu clima acirrado. “Faltam pouco mais de dois meses (para o deadline das prévias), defendo a negociação. Espero que o espírito natalino incorpore nos candidatos e todos entendam que o melhor é um acordo”, afirmou Reali.

O ex-prefeito declarou que “dificilmente” Filippi será candidato do PT em 2016. “Estava marcado para ele ir à reunião do diretório de ontem (segunda-feira), mas ele não foi. Acredito que ele está fora do circuito. Dificilmente será ele (o prefeiturável do PT)”, discorreu Reali, afilhado político de Filippi, nome colocado no diretório como o único capaz de agregar todas as correntes internas do petismo. 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;