Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 18 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

dmais@dgabc.com.br | 4435-8396

Filho de Chitãozinho é mais rock

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Do Diário do Grande ABC

09/01/2011 | 07:10


Sempre o filho segue a mesma carreira dos pais. Na música, se o rebento curte fazer a mesma coisa, não é regra que escolha o mesmo estilo. Alison Lima, 24 anos, é um exemplo. Ele curte cantar, mas em vez de sertanejo, optou por rock'n'roll. Alison é filho do Chitãozinho, da dupla com o Xororó. Confira o bate-papo com o D+:

Por que escolheu o rock e não o sertanejo?

Alison: Nunca foi a minha cara. Sempre escutei vários estilos de música e já optei pela guitarra. Meu pai e meu tio influenciaram bastante na questão da experiência do mercado musical. É bem mais legal ter um pai médico para quem pensa em fazer medicina.

O que acha da banda Sertaneja Hardcore, que mistura sertanejo com hardcore?

Interessante ver que dois estilos completamente diferentes, se completam. Ficou uma boa mistura.

Sempre quis ser cantor?

Nem sempre. A veia artística falou mais alto há pouco tempo, quando tranquei a faculdade de Publicidade e Propaganda. Meu pai não gostou muito, mas me aconselhou a sempre estudar a música e ser profissional.

Tem mais alguém na família na área musical?

Conhece Sandy e Jr.? (risos). Tem também meus tios Mauricio e Mauri, além do Mauryzinho (que faz dupla com a Rafaela), e meu primo, o Mario, que toca comigo. Mas, na verdade, foi meu avô quem começou tudo.

As festas de família são um verdadeiro show então?

Brincamos muito de cantar sim. Se deixar, meus tios Mauricio e Mauri passam a madrugada toda tocando e cantando. Nem precisa de karaokê (risos).

Conte um pouco sobre a sua banda, a Alison 4.

Começamos - Alison, Zeca, Alê e Mario - a tocar há cinco anos. Estamos divulgando agora nosso segundo CD (Alison 4 - Volume II) e o single Lembranças que Queria Esquecer. Tocamos o que chamamos de folk rock, com intervenção de banjo, sanfona.

Qual a influência de vocês?

Gostamos muito de Los Hermanos e Red Hot Chilli Peppers, mas já escutamos também Charlie Brown, Capital Inicial, Raimundos.

É você quem compõe as músicas? Do que falam?

Eu e o Zeca nos dividimos. Neste último CD contei com a participação de uma amiga. Fizemos juntos Lembranças que eu Queria Esquecer. Falamos sobre a realidade que vivemos.

Quem é a amiga misteriosa?

Mel Ravasio, a vocalista da banda Lipstick. Namoramos por 1 ano e meio. Terminamos, mas ainda somos amigos.

Qual a relação da banda com a internet?

Total. Ninguém consegue visibilidade se não está conectado. Diferente da época do meu pai. Mas, eles não pararam no tempo e entraram na rede. Artista deve ser assim, antenado. Quer saber mais? Acesse MySpace (alison4), Twitter (@alison4banda) e o site www.alison4.com.br

Filho de peixe, peixinho é?

Léo Von, 23 anos, filho de Ronnie Von, tem uma banda de rock. Quando anunciou que ia ser cantor, o pai não gostou. Disse que era uma profissão complicada. MySpace: leovonoficial

O filho de Cássia Eller, Chicão, 16 anos, foi parar no grupo Zarapatéu, no qual é responsável pela percussão e vocal. Ele toca triângulo e pandeiro, bem diferente da mãe. MySpace: zarapateu

A banda BokaBrida tem como guitarrista e backing vocal Rafael Frejat (filho do cantor Frejat). Eles estão em estúdio e devem apresentar novidades até o fim do mês. MySpace: Bokabrida

Rodrigo Vellozo é filho de Benito Di Paula, cantor de MPB. Seguiu o pai e lançou CD em 2009 com músicas próprias, de Noel Rosa e Adoniran Barbosa. Site: www.rodrigovellozo.com.br



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;