Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 2 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Passarela é derrubada na Anchieta


Nelson Donato
Especial para o Diário

17/11/2015 | 07:00


Caminhão que trafegava com a caçamba levantada derrubou passarela na Rodovia Anchieta, na altura do km 30, no Riacho Grande, em São Bernardo, por volta das 3h30 de ontem. Após a colisão, outro veículo, que transportava suco, atingiu a passarela e o motorista ficou ferido.

Por conta do acidente, a via ficou interditada por 17 horas No sentido litoral o bloqueio foi feito na altura do km 29. Já para quem seguia rumo à Capital, o desvio era feito no km 40. Em ambos os casos, os condutores eram obrigados a seguir pela Rodovia dos Imigrantes.

Para a remoção dos destroços e dos dois caminhões envolvidos na batida, a Ecovias, concessionária que administra o SAI (Sistema Anchieta-Imigrantes), utilizou dois guindastes, além de vários outros veículos que prestaram apoio durante a operação. A ação foi demorada devido ao cuidado que o içamento da passarela demandou e foi concluída apenas por volta das 15h30 de ontem. Às 19h a pista sentido Capital foi liberada, mas a do Litoral continuava bloqueada até o fechamento desta edição.

Apesar da gravidade do ocorrido, o coordenador de tráfego da Ecovias, Danyel Nunes, garante que a concessionária está pronta para qualquer tipo de incidentes. “Logo após a batida, nossas equipes de resgate foram acionadas assim que informaram que havia pessoas feridas. Graças à velocidade do nosso pessoal, conseguimos retirar o condutor que ficou machucado e encaminhá-lo para o PS (Pronto-Socorro) Central de São Bernardo.”

De acordo com a Prefeitura, Delírio Oripedes Coutinho, 51 anos, chegou consciente ao local. Ele apresentava bom estado geral, algumas escoriações na cabeça e fratura nasal. Aguardava resultado de exames e avaliações médicas e deveria ter alta ainda ontem.

O motorista do veículo que atingiu a passarela, que não teve o nome divulgado, foi avisado sobre o problema, porém, ignorou as luzes de alerta, assim como a parada obrigatória na balança de pesagem. De acordo com o capitão da PM (Polícia Militar) Cesar Rossignoli, o acidente poderia ter sido evitado. “Ele (motorista) desrespeitou os avisos e as legislações vigentes.”

Conforme Rossignoli, o motorista alegou que não percebeu a caçamba levantada. “Ele afirmou que nenhum dispositivo na cabine foi acionado indicando a elevação. Ele já foi indiciado e responderá por lesão corporal culposa, além de outras sanções administrativas.”

O caso foi registrado no 3º DP (Assunção) da cidade.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;