Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 20 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Brasil vence Bulgária e se aproxima das Olimpíadas de Pequim


Do Diário OnLine
Com Agências

23/11/2007 | 07:56


A seleção brasileira de vôlei masculino deu um importante passo rumo aos Jogos Olímpicos de Pequim 2008, na China. Na madrugada desta sexta-feira (horário da Brasília), na cidade de Toyama, no Japão, os comandados do técnico Bernardinho venceram com facilidade – e autoridade – a forte equipe da Bulgária por 3 sets a 0, com parciais de 25/14, 25/21 e 25/19, pela quinta rodada da Copa do Mundo.

AFPCom o resultado, o Brasil se isola na segunda posição da competição com quatro vitórias e apenas uma derrota (para os Estados Unidos, na estréia), atrás somente da poderosa seleção da Rússia, única seleção invicta dentro da competição até o momento. Já os búlgaros, adversários desta sexta, continuam na terceira colocação, agora com três vitórias e duas derrotas. A Bulgária era apontada, antes do início da Copa do Mundo, como uma das favoritas ao título.

"A Bulgária, depois da partida de quinta-feira (derrota para os EUA por 3 sets a 2), talvez não tenha tido tanta energia e isto nos ajudou. Fomos capazes de controlar melhor a partida. Ainda temos pressão pela frente, mas se jogarmos com a atitude de hoje (sexta-feira), lutando por cada bola, podemos ir bem", disse o técnico Bernardinho, já pensando no próximo confronto, contra a Austrália. "Agora temos que pensar em nossa próxima partida contra a Austrália. É uma equipe muito alta e sempre temos problemas contra equipes de grande altura", completou.

"Jogamos muito bem taticamente. Controlamos o ataque deles e evitamos que tivessem um grande desempenho. Ainda temos seis partidas pela frente e por isso não podemos relaxar e desfrutar a vitória", comentou o capitão Giba.

A seleção brasileira volta às quadras japonesas na manhã de domingo, às 7h05 (horário de Brasília), quando enfrenta, já pela segunda fase da competição, a surpreendente equipe da Austrália – considerada uma das que mais evoluíram dentro do vôlei - , na cidade de Okayama, no Japão.

'Avalanche' verde e amarela... – O primeiro set da partida foi completamente dominado pelos brasileiros. O meio-de-rede Gustavo e o atacante (capitão) Giba foram os destaques mostrando muita técnica para superar o alto bloqueio búlgaro. Os dois terminaram a partida com 14 pontos cada, atrás apenas do búlgaro Vladimir Nikolov – 16 pontos. Gustavo, diga-se de passagem, foi eleito o melhor jogador da partida.

Os búlgaros tentaram uma reação no segundo set, com seu jogo baseado na força e altura de seus homens, com Yevgeni Ivanov (2,10m), Plamen Konstantinov (2,02m) e Matey Kaziyski (2,02m). Os europeus chegaram a se aproximar no placar, mas os brasileiros justificaram a fama de melhor equipe de vôlei de todos os tempos e fecharam em 25/21.

O terceiro set da partida, que teve duração total de 1h10min, começou equilibrado, com grandes atuações das defesas, que salvaram bolas difíceis e propiciaram uma série de contra-ataques. No entanto, o Brasil sempre esteve em vantagem, chegando aos tempos técnicos com o placar favorável em 8/6 e 16/14. No fim, com mais calma e categoria, a seleção atual campeã Olímpica fechou a partida com 25/19.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;