Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 16 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Empresas terceirizam frota e favorecem locadoras


Priscila Dal Poggetto
Do Diário do Grande ABC

29/04/2007 | 07:14


A locação de veículos lucra com a onda de terceirização de frotas. Cada vez mais, empresas permitem a executivos ou funcionários de outros níveis a alugar carros – antes benefício exclusivo à presidência das companhias – para reduzir gastos. De acordo com projeções da Abla (Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis), o aluguel de frota representa economia de mais de 20% em relação à compra do veículo.

Segundo o presidente da Abla, José Adriano Donzelli, uma das regiões que mais tira vantagem dessa mudança administrativa é o Grande ABC. O especialista acredita que as empresas locais que trabalham com produtos de distribuição sazonal têm na locação a melhor alternativa.

“Cada vez mais, os gestores das empresas da região estão percebendo a possibilidade de cortar gastos excessivos por meio da terceirização. A decisão proporciona mais tranqüilidade nos negócios, uma vez que diversas responsabilidades são transferidas para as locadoras, tais como comprar e vender os carros e cuidar da manutenção”, ressalta Donzelli.

A mudança contribuiu para o desempenho recorde do setor em 2006, juntamente com o crescimento do turismo. De acordo com o Censo da Indústria do Aluguel de Automóveis, referente ao ano de 2006, o faturamento das empresas foi o maior já registrado pelo setor no Brasil, atingindo R$ 3,17 bilhões, 8,96% acima dos R$ 2,91 bilhões obtidos em 2005.

Para 2007, a previsão da Abla é de, no mínimo, repetir o desempenho alcançado no ano passado.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Empresas terceirizam frota e favorecem locadoras

Priscila Dal Poggetto
Do Diário do Grande ABC

29/04/2007 | 07:14


A locação de veículos lucra com a onda de terceirização de frotas. Cada vez mais, empresas permitem a executivos ou funcionários de outros níveis a alugar carros – antes benefício exclusivo à presidência das companhias – para reduzir gastos. De acordo com projeções da Abla (Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis), o aluguel de frota representa economia de mais de 20% em relação à compra do veículo.

Segundo o presidente da Abla, José Adriano Donzelli, uma das regiões que mais tira vantagem dessa mudança administrativa é o Grande ABC. O especialista acredita que as empresas locais que trabalham com produtos de distribuição sazonal têm na locação a melhor alternativa.

“Cada vez mais, os gestores das empresas da região estão percebendo a possibilidade de cortar gastos excessivos por meio da terceirização. A decisão proporciona mais tranqüilidade nos negócios, uma vez que diversas responsabilidades são transferidas para as locadoras, tais como comprar e vender os carros e cuidar da manutenção”, ressalta Donzelli.

A mudança contribuiu para o desempenho recorde do setor em 2006, juntamente com o crescimento do turismo. De acordo com o Censo da Indústria do Aluguel de Automóveis, referente ao ano de 2006, o faturamento das empresas foi o maior já registrado pelo setor no Brasil, atingindo R$ 3,17 bilhões, 8,96% acima dos R$ 2,91 bilhões obtidos em 2005.

Para 2007, a previsão da Abla é de, no mínimo, repetir o desempenho alcançado no ano passado.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;