Fechar
Publicidade

Domingo, 28 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Agências de viagem abandonam Viaja Mais


Verônica Lima
Do Diário do Grande ABC

24/03/2008 | 07:07


A maioria das agências de viagem do Grande ABC abandonou o programa Viaja Mais Melhor Idade, do Ministério do Turismo. As justificativas alegadas pelos agentes para tal desistência são o custo e a descaracterização do produto.

 Ao contrário do que ocorreu no ano passado, as agências de viagens credenciadas no programa em Santo André afirmam que nos pacotes deste ano não há nenhum passeio diferenciado para a melhor idade.

 “Em 2007 havia muitos pacotes que incluíam jantares dançantes. Já o programa deste ano não tem nada de diferente de um vendido pela CVC, por exemplo. Aliás há uma diferença: o preço é ainda mais caro”, afirma a proprietária da agência Betha Brasil, Evanise Nunes.

 Até mesmo a aposentada andreense Luzia de Carvalho Magro ficou decepcionada ao receber os orçamentos das agências. “Na propaganda eles asseguram que do pacote do governo é mais barato. Mas provei que o anúncio é totalmente enganoso. A operadora CVC comercializa por um valor melhor e sem cobrar juros no financiamento”, diz Luzia.

 Dividindo a mesma opinião está o agente de viagem da região que prefere não ser identificado. “No começo achei que iria vender super bem, por isso fui logo me cadastrando no programa. No entanto, quando comecei a fazer os orçamentos para os clientes, percebi que o programa não beneficia o interessado”.

 Ele comenta ainda que para não perder o cliente, oferecia outro pacote de uma empresa de viagem que divide em até dez vezes sem cobrar juros (nas compras realizadas em dez vezes no roteiro do governo o cliente paga juros de até 1% ao mês) e ainda cerca de R$ 70 mais barato do que o Viaja Mais Melhor Idade cobra.

 Em razão disso, a grande parte das agências das sete cidades já desistiram de oferecer os planos de viagens do governo. “Como não vendi nenhum pacote até hoje, e acabei perdendo clientes para outra agência que começou a orçar os dois tipos de pacotes, resolvi fazer o mesmo. Digo que o Viaja Mais não oferece vantagem alguma e indico outro pacote”, comenta o proprietário de uma agência de turismo de Santo André, que prefere não ser identificado.

 Procurada pelo Diário, a coordenadora do projeto do Ministério do Turismo, Jurema Monteiro, alega que o programa Viaja Mais Melhor Idade não deve ser comparado a outros pacotes porque promove a inclusão social dos idosos, aposentados e pensionistas.


Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;