Fechar
Publicidade

Sábado, 16 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Prefeito confirma que Paulinho se filia no PSDB

Petista se reuniu com ex-secretário, que avisou sobre ida para o tucanato para disputar o Paço


Fabio Martins
Do Diário do Grande ABC

18/09/2015 | 07:00


O chefe do Executivo de Santo André, Carlos Grana (PT), revelou ontem que o ex-vereador Paulinho Serra confirmou que se filiará na semana que vem no PSDB para ser candidato a prefeito. Paulinho foi secretário de Mobilidade Urbana, Obras e Serviços Públicos do governo petista até julho.

“Tomei um café com o Paulinho. Ele argumentou que o PSDB ameaçou convidar o Aidan (Ravin, ex-prefeito, PSB) se ele não fosse para o partido. Fiquei indignado. Ele afirmou que não resistiu à pressão”, discorreu Grana, ao detalhar encontro com Paulinho, ainda filiado no PSD, em tradicional restaurante da Avenida Portugal.

O prefeito não escondeu descontentamento com a decisão do antigo aliado, relatando que havia compromisso político firmado no pleito de 2012 por apoio durante os quatro anos de gestão.

“Havia acordo até o fim do governo com a possibilidade de ele ser lançado candidato a deputado estadual ou federal (apoiado pelo Paço em 2018). Ele (Paulinho) não cumpriu o acordo”, disparou o petista, evitando, porém, comentar sobre mudança no cenário político com a ida de Paulinho ao PSDB. “Quem quer ser eleito não escolhe candidato ou partido (rival).”

Paulinho retorna ao PSDB na segunda-feira, em evento a ser realizado na Capital – o anúncio da atividade política foi feito ontem pelo presidente do tucanato andreense, o ex-vereador Marcelo Chehade. Paulinho deixou o PSDB em 2012 depois de ver frustrada sua tentativa de candidatura a prefeito naquele ano. Decidiu migrar para o PSD e apoiar, desde o primeiro turno, o então deputado estadual Carlos Grana, que concorria pela primeira vez ao Paço andreense.

Com a vitória do petista, Paulinho foi nomeado para uma das Pastas mais estratégicas do Executivo, responsáveis por obras de grande vulto, como alteamento da Avenida dos Estados e conclusão do viaduto Adib Chammas.

Porém, nos últimos meses, cresceu assédio do PSDB para que Paulinho fosse candidato a prefeito. O presidente estadual da legenda, deputado Pedro Tobias, pediu desculpas publicamente ao ex-vereador pelo ocorrido em 2012 e abriu as portas da sigla.

Paulinho não foi localizado para comentar o caso.


CONTRAGOLPE
Grana avisou ontem que tentará manter o PSD em seu arco de aliados com a filiação do vereador José de Araújo no partido. Líder de governo na Câmara, Araújo deixou recentemente o PMDB. “Vou procurar os dirigentes para colocar o Araújo no PSD, com certeza.” 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;