Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 26 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Prefeito vistoria obras da Saúde

Divulgação  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Donisete Braga foi aos bairros Santa Lídia e Vila Assis; reformas devem acabar neste ano


Yara Ferraz
Do Diário do Grande ABC

17/09/2015 | 07:00


O prefeito de Mauá, Donisete Braga (PT), iniciou ontem série de vistorias às obras na área da Saúde realizadas por toda a cidade. A UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Vila Assis e a UBS (Unidade Básica de Saúde) Santa Lídia foram as primeiras a recebê-lo e têm prazo de entrega até o fim deste ano.

As unidades estão sendo alteradas em detalhes como o acolhimento ao paciente, além de ampliação dos espaços. O investimento na obra da UPA é de R$ 273.638 e na UBS, de R$ 293.887.

O prefeito destacou as melhorias nas unidades e também a importância das obras para a população. “A Vila Assis é um dos bairros mais antigos da cidade, então, temos grande concentração da população da terceira idade. Estamos fazendo adaptações em relação a isso”, disse.

Além disso, a Prefeitura também vai reformar as UBSs dos bairros Jardim Flórida, Jardim Zaíra 1 e Parque das Américas. Serão construídas unidades no Jardim Oratório, no valor de R$ 1,9 milhão, com previsão de entrega até dezembro, e no Itapark, com investimento de R$ 1,8 milhão e inauguração prevista até abril do ano que vem.

Em relação às UPAs, a única que não vai passar por obras é a Barão de Mauá, que é considerada modelo. As unidades da Vila Magini e do Jardim Zaíra terão intervenções, mas os valores das reformas ainda não foram definidos porque o edital não foi lançado, de acordo com Donisete.

Ao contrário da UBS, que permanece aberta para reforma, a UPA da Vila Assis está temporariamente fechada, já que, como há leitos, não é possível fazer a intervenção com ela em funcionamento. O procedimento vai ser adotado nas reformas das outras unidades.

“Hoje atendemos de 500 a 600 pessoas por dia em cada UPA, o que totaliza 15 mil pessoas por mês, ou seja, é um aparato extremamente necessário para a cidade”, afirmou o prefeito.

Uma das novidades dos prédios é a sala da comunidade, espaço em que os munícipes vão discutir problemas e dar sugestões para a região em diversas áreas. “É uma coisa inovadora, feita para criar referência e empoderamento do espaço público. Se a comunidade percebe que o espaço é dela, avança na questão de cuidar dele”, declarou o chefe do Executivo.

Administração se reúne com Ministro da Saúde em Brasília

O prefeito Donisete Braga (PT) participou de encontro com o ministro da Saúde, Arthur Chioro, e sua equipe em Brasília, na terça-feira. Foram discutidos os cortes na Pasta federal que vão impactar nos investimentos a partir do próximo ano.

Conforme Donisete, o valor será significativo: R$ 8 bilhões a menos. Porém, todas as obras que estão em andamento na cidade e que têm contrapartida da União estão com verba garantida, segundo ele. “Esperamos uma situação não tão tranquila no próximo período em relação aos investimentos do governo federal. Vamos precisar de muita competência para que a gente possa ter alternativas a esses recursos, já que teremos uma queda significativa de receitas. Porém, as obras que estão em andamento estão garantidas”, afirmou.

O encontro também contou com a presença do secretário municipal de Saúde, Luís Fernando Tofani, e do novo superintendente do Hospital de Clínicas Doutor Radamés Nardini, José Alexandre Buso Weiller.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;