Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 27 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Onze horas


Do Diário OnLine

15/09/2015 | 07:00


Está consagrado que os jogos das 11h deram certo. Estádios lotados, especialmente as novas arenas construídas em São Paulo, Porto Alegre e Curitiba. A torcida tem prestigiado seus times e a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) está convicta que acertou.

Não podemos esquecer que estamos no fim do inverno, com temperaturas agradáveis. A partir de novembro, jogo às 11h pode ser realizado com mais ou menos 30ºC/35ºC. Consequência: não haverá segundo tempo. Até porque, por melhor preparada que esteja qualquer equipe, os jogadores ficarão naturalmente exaustos pelo calor.

É importante que a televisão e os dirigentes reflitam sobre isso. O Campeonato Brasileiro está entrando na sua fase decisiva. Apesar de todos os problemas, principalmente pela falta de craques no País, ainda assim o balanço é positivo.

Os jogos da tarde deveriam começar a partir das 17h, como, aliás, já se faz no horário de verão. Mas às 11h, com muito calor, não!

Liga Sul-Minas-Rio

É possível que vários dirigentes dos clubes envolvidos estejam bem-intencionados. Essa Liga que estão tentando formar pode atrair mais torcedores e emoção do que vários campeonatos estaduais. Também não se pode dizer claramente qual é a intenção do catarinense Delfim Peixoto, único presidente de federação envolvido nas reuniões. Aparentemente, o que ele pretende é trombar com o presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, seu desafeto.

Para o torneio ser realizado depende da autorização da CBF. E a entidade não está disposta a concordar. Até porque bateria de frente com as federações estaduais, cujos presidentes são aliados de Del Nero. Até o fim do ano haverá muita polêmica sobre esse tema.

Boa ideia

O comitê organizador da Olimpíada do Rio de Janeiro vai reunir jornalistas de todo o mundo no começo de outubro. Haverá encontros para apresentar toda a estrutura operacional que ajudará o trabalho da imprensa no evento.

Normalmente, pelo que se viu nas últimas olimpíadas, centro de imprensa, instalação nos estádios e ginásios, transportes e outros itens sempre receberam elogios.

O Rio de Janeiro vai aproveitar também para mostrar como estão as obras da Cidade Olímpica e a despoluição das águas da Baía da Guanabara.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;