Fechar
Publicidade

Domingo, 24 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Palmeiras quer pôr fim à oscilação contra o Figueirense

Estadão Conteúdo  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Verdão já chegou a ter sete jogos de invencibilidade
no Brasileirão, mas está há três partidas sem vencer


Felipe Simões
Do Diário do Grande ABC

12/09/2015 | 07:00


O torcedor palmeirense vem vivendo uma montanha- russa de sentimentos em relação ao time em 2015. A equipe já chegou a ter sete jogos de invencibilidade no Campeonato Brasileiro – seis vitórias e um empate –, mas vive má fase – já são três jogos sem vencer, com duas derrotas e um empate. Às 21h, contra o Figueirense, no Allianz Parque, o Verdão terá oportunidade de colocar fim à sequência negativa e voltar a brigar pelo G-4 em duelo válido pela 25ª rodada.

A oscilação que tanto incomoda o torcedor tem explicação para Marcelo Oliveira. Segundo o treinador, apesar de o grupo ter boa qualidade, o time ainda está em formação.

“É um elenco de boa qualidade. O problema é que estamos formando a equipe durante a competição. As dificuldades são as lesões e a ausência de jogadores. Fica muito claro que Corinthians e Atlético-MG, como possuem base dos anos anteriores, têm uma forma mais natural e tranquila, enquanto o Palmeiras oscila”, justificou ele, que está há 20 partidas no comando da equipe.

Além disso, Oliveira pediu mais atenção aos jogadores. De acordo com ele, alguns resultados negativos foram causados pela falta de concentração dos atletas até o fim das partidas.

“Estamos vacilando em alguns momentos, principalmente contra times que estão abaixo de nós. Temos de ter um pouco mais de concentração”, afirmou ele.

Apesar da sequência negativa, o Palmeiras tem 35 pontos e está a três do Flamengo, o último integrante do G-4. Triunfo ante o Figueirense pode recolocar o clube na briga por uma vaga no grupo – não entrará nesta rodada porque tem duas vitórias a menos que o Rubro-Negro (12 contra dez).

“Temos de estar firmes e concentrados. Em qualquer jogo existe pressão e estamos em uma das maiores equipes do Brasil. Com todos os problemas que tivemos e a falta de regularidade, ainda estamos a três pontos do G-4. Lamentaria muito se não fôssemos campeões da Copa do Brasil ou se não ficássemos entre os primeiros do Brasileiro (para chegar à Libertadores)”, comentou o treinador.

Para o confronto com o Figueirense, Marcelo Oliveira terá o retorno do lateral-direito Lucas, do meia Robinho e do atacante Gabriel Jesus, que cumpriram suspensão contra o Internacional. O zagueiro Leandro Almeida está fora por causa da expulsão na última partida e será substituído por Jackson. Já João Paulo dará lugar a Egídio na lateral esquerda.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;