Fechar
Publicidade

Sábado, 20 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Empresas de ex-vereador terão contrato de R$ 7,7 mi

Thiago Benedetti/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Governo Saulo empenha valor milionário para companhias de parentes do ex-parlamentar Gilson Hamada


Caio dos Reis
Especial para o Diário

31/08/2015 | 07:00


O prefeito de Ribeirão Pires, Saulo Benevides (PMDB), já programou pagar R$ 7,7 milhões referentes a contratos de 2014 e 2015 para empresas ligadas a familiares do ex-vereador Gilson Hamada (PRP), que debate apoio eleitoral para 2016 com o peemedebista.

Na semana passada, o Diário mostrou que a Costa Leste – Construtora e Serviços Ltda, que venceu concorrência para construção do Parque Temático Fordlândia, vai receber R$ 3,4 milhões. A empresa é administrada por Eliana Hamada, cunhada de Gilson, e tem o sobrinho Murilo Hamada como sócio. Já a VRH Construtora, gerida pelo filho de Hamada, Vitor Rodrigues Hamada, ficará responsável pelas intervenções da UBS (Unidade Básica de Saúde) na Quarta Divisão. O acordo está orçado em R$ 907,6 mil.

Além dos dois convênios, outros contratos já foram firmados entre o Paço de Ribeirão e a Costa Leste. Atualmente, existem mais de R$ 3,4 milhões empenhados pela Prefeitura para pagamento da empresa administrada por Eliana Hamada. Em 2015, foram sete acordos entre abril e junho, que totalizaram R$ 1,6 milhão. Três são para obras de infraestrutura urbana e outros quatro para reforma e ampliação de unidades escolares de Ensino Infantil.

Já no ano passado, foram outros dez convênios fechados entre maio e novembro. Sendo que sete foram com a modalidade de licitação convite – realizada para obras e serviços de engenharia em que o valor estimado seja de até R$ 150 mil. Os sete totalizaram entrada de R$ 524,2 mil nas contas da empresa. Levando em consideração esses dez contratos, o montante sobe para R$ 1,8 milhão.

Gilson Hamada, que preside comissão provisória do PRP em Ribeirão Pires, disse ao Diário que não tem relação alguma com as empresas vencedoras das licitações. “Não acompanho nada quanto a isso. Portanto, não tenho nada a dizer. Sou arquiteto mas não estou ligado a essas empresas”, relatou. Apesar de integrar a comissão do partido, ele garantiu que não pensa em se candidatar em 2016.

Gilson Hamada foi eleito pela primeira vez para a legislatura de 1997 pelo extinto PFL. Após migrar para o PTB, se reelegeu por mais dois mandatos, totalizando 11 anos na Câmara ribeirão-pirense.

O Paço diz não haver irregularidade nos contratos. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Empresas de ex-vereador terão contrato de R$ 7,7 mi

Governo Saulo empenha valor milionário para companhias de parentes do ex-parlamentar Gilson Hamada

Caio dos Reis
Especial para o Diário

31/08/2015 | 07:00


O prefeito de Ribeirão Pires, Saulo Benevides (PMDB), já programou pagar R$ 7,7 milhões referentes a contratos de 2014 e 2015 para empresas ligadas a familiares do ex-vereador Gilson Hamada (PRP), que debate apoio eleitoral para 2016 com o peemedebista.

Na semana passada, o Diário mostrou que a Costa Leste – Construtora e Serviços Ltda, que venceu concorrência para construção do Parque Temático Fordlândia, vai receber R$ 3,4 milhões. A empresa é administrada por Eliana Hamada, cunhada de Gilson, e tem o sobrinho Murilo Hamada como sócio. Já a VRH Construtora, gerida pelo filho de Hamada, Vitor Rodrigues Hamada, ficará responsável pelas intervenções da UBS (Unidade Básica de Saúde) na Quarta Divisão. O acordo está orçado em R$ 907,6 mil.

Além dos dois convênios, outros contratos já foram firmados entre o Paço de Ribeirão e a Costa Leste. Atualmente, existem mais de R$ 3,4 milhões empenhados pela Prefeitura para pagamento da empresa administrada por Eliana Hamada. Em 2015, foram sete acordos entre abril e junho, que totalizaram R$ 1,6 milhão. Três são para obras de infraestrutura urbana e outros quatro para reforma e ampliação de unidades escolares de Ensino Infantil.

Já no ano passado, foram outros dez convênios fechados entre maio e novembro. Sendo que sete foram com a modalidade de licitação convite – realizada para obras e serviços de engenharia em que o valor estimado seja de até R$ 150 mil. Os sete totalizaram entrada de R$ 524,2 mil nas contas da empresa. Levando em consideração esses dez contratos, o montante sobe para R$ 1,8 milhão.

Gilson Hamada, que preside comissão provisória do PRP em Ribeirão Pires, disse ao Diário que não tem relação alguma com as empresas vencedoras das licitações. “Não acompanho nada quanto a isso. Portanto, não tenho nada a dizer. Sou arquiteto mas não estou ligado a essas empresas”, relatou. Apesar de integrar a comissão do partido, ele garantiu que não pensa em se candidatar em 2016.

Gilson Hamada foi eleito pela primeira vez para a legislatura de 1997 pelo extinto PFL. Após migrar para o PTB, se reelegeu por mais dois mandatos, totalizando 11 anos na Câmara ribeirão-pirense.

O Paço diz não haver irregularidade nos contratos. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;