Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 21 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Corinthians prega pé no chão diante do Vasco em Itaquera

Divulgação  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Apesar de cariocas terem sido goleados na última
rodada, corintianos apostam em jogo complicado


Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

29/07/2015 | 07:00


O Corinthians não podia encontrar cenário melhor para reagir no Campeonato Brasileiro e ter a chance de assumir a liderança. Depois de perder dois pontos preciosos diante do Coritiba na última rodada, quando cedeu o empate por 1 a 1, fora de casa, nos instantes finais, a equipe terá pela frente o Vasco, hoje, às 22h, na Arena. Se vencer, o Timão torce por tropeço do líder Atlético-MG, que joga no mesmo horário com o São Paulo, no Mineirão, para ficar isolado na ponta.

Não faltam motivos para a torcida corintiana apostar em bom resultado hoje. Além de ocupar a 18ª posição, na zona de rebaixamento, o Vasco conta com a pior defesa da competição, com 26 gols sofridos e vem de goleada (4 a 1) em seus domínios para o Palmeiras. Mesmo assim, os jogadores corintianos não querem saber de assumir o favoritismo.

“Vamos deixar essa empolgação para o torcedor. Temos de respeitar o Vasco. Lá está o técnico (Celso Roth) que me deu a primeira chance como profissional. Não adianta ir achando que vai golear. Pode ter sido esse o problema do Fluminense (que perdeu por 2 a 1, semana passada). Primeiro, temos de pensar em pontuar dentro de casa, pensar na vitória”, comentou o meia Renato Augusto.

Até pelo momento delicado que vive o rival, Renato Augusto prevê postura totalmente retaída da equipe carioca. “Quem vai para o jogo achando que vai ser goleada porque eles perderam em casa na última rodada, está enganado. O Vasco virá fechado, a pressão lá é grande. Vai ser um jogo muito difícil”, projetou o meia.
O técnico Tite não deve fazer mudanças no time, com exceção da saída do goleiro Cássio, que ainda não se recuperou das dores na coxa esquerda e dará lugar a Walter. Após cumprir suspensão, Gil também retoma a posição que foi ocupada por Edu Dracena contra o Coritiba.

VASCO
Celso Roth vai promover mudanças profundas na equipe, entre elas as saídas dos experientes Andrezinho e Dagoberto. No total, seis jogadores perderam a posição. (com Agências) 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;