Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 21 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Amor eleitoral

É pública e notória a predileção do prefeito Luiz Marinho (PT) para que o secretário de Serviços Urbanos, Tarcisio Secoli (PT), seja o candidato petista à sucessão em 2016


Do Diário do Grande ABC

10/07/2015 | 07:00


É pública e notória a predileção do prefeito Luiz Marinho (PT) para que o secretário de Serviços Urbanos, Tarcisio Secoli (PT), seja o candidato petista à sucessão em 2016. Apesar de ninguém falar abertamente, para não antecipar o processo eleitoral. O que incomoda os potenciais nomes que poderiam encabeçar o projeto, principalmente o deputado estadual Luiz Fernando Teixeira (PT). Nos eventos, Tarcisio senta ao lado do prefeito. Está a tiracolo mesmo nas atividades que não são de sua área. Nas redes sociais, Marinho coloca foto com o secretário quase que diariamente. E a proporção é estratosférica. Neste ano, por exemplo, não há imagem do chefe do Executivo ao lado de Luiz Fernando, por exemplo. Tem mais foto do petista em sua página com o prefeito tucano, Gabriel Maranhão, de Rio Grande da Serra, do que com o deputado, que ainda não desistiu da disputa interna para ser o candidato do PT ao Paço. Luiz Fernando tem como trunfo apoio de alguns vereadores e lideranças petistas. Será o suficiente? Outros fatores serão agregados para a tomada de decisão de Marinho. Mas a propensão por Tarcisio é incondicional, como um amor eleitoral.

Voto póstumo
Na última sessão de Diadema, quarta-feira, vereadores pediram um minuto de silêncio pela morte de conhecidos. Como de costume, os parlamentares foram lembrando de pessoas que nos deixaram nos últimos dias. Antes de iniciar a homenagem, Milton Capel (PV) se dirigiu a Ronaldo Lacerda (PT) e indagou: “Nossa, ele morreu?”. A resposta do petista: “Sim, era meu eleitor”. A tréplica do verde: “Não, não. Votou em mim na última eleição”.

Puxão de orelha
Vendo sua possível candidatura a prefeito de Rio Grande da Serra indo para o espaço, com cada vez mais petistas integrando o governo Gabriel Maranhão (PSDB), o ex-vereador Claudinho da Geladeira (PT) tem sido visto frequentemente com o deputado estadual Atila Jacomussi (PCdoB). Curioso é que o comunista de Mauá vai concorrer contra o prefeito do PT, Donisete Braga. Apesar de ser coordenador regional do partido, Claudinho já recebeu puxão de orelha de alguns companheiros pela proximidade com o parlamentar.

Com Aidan ou Grana?
Integrantes do Paço de Santo André se reuniram com a direção do PV para tentar avançar nas negociações para selar parceria com o PT para a eleição do ano que vem. Uma das alternativas de candidatura própria dos verdes é o ex-prefeito Aidan Ravin, caso ele deixe o PSB. Mas a gestão Carlos Grana (PT) oferece abertura no governo em cargos de diretoria. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;