Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 2 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Federalização das campanhas de 2016


Beto Silva
Do Diário do Grande ABC

07/07/2015 | 07:00


Campanhas eleitorais municipais são marcadas, em sua maioria, por candidatos a prefeito ancorados nas lideranças de seu partido que estão à frente dos governos estadual e federal. Ano que vem, porém, esse caminho será descartado pelos petistas. No Grande ABC, já há movimento para descolamento da presidente Dilma Rousseff (PT), cuja gestão está atolada em crises política e econômica. Volta-se a falar com ênfase em impeachment da petista, que inicia segundo mandato. Diante do atual cenário negativo, com ampla rejeição popular, Dilma é péssimo cabo eleitoral. Desvincular-se de sua figura é o primeiro passo para petistas acreditarem em vitória nas urnas em 2016. Quis o destino que, neste momento, os companheiros da região virassem as costas a ela, cujo governo enviou milhares de reais a projetos tocados pelas prefeituras locais. E, não por menos, a oposição ao PT vai fazer questão de lembrar de todos os detalhes dos escândalos que o Palácio do Planalto está envolvido. Será a chamada federalização da campanha municipal. Tudo isso faz parte do jogo eleitoral. Só temos de lembrar os candidatos a prefeito a apresentarem planos para melhoria das cidades. Ficar apegado apenas às críticas, sejam elas locais, estaduais ou nacionais, é pouco para uma sociedade regional que anseia por soluções em seu quintal.

Toma lá, dá cá
Tem vereador de Santo André querendo acabar com a eleição para a Ouvidoria. Projeto de autoria dos vereadores Montorinho (PT) e José de Araújo (PMDB) prevê nomeação direta do prefeito. Pessoas ligadas à entidade dizem que é possível fazer o debate, com tanto que inclua a diminuição de cargos comissionados na Câmara, que hoje é de 13 assessores por gabinete.

Caso de polícia
Semana passada circulou montagem nas redes sociais acusando a bancada do PT de Diadema de ser conivente com a corrupção. Os vereadores registraram Boletim de Ocorrência contra Pedro, tio do prefeito Lauro Michels (PV), por espalhar o material na internet. Agora, o familiar do chefe do Executivo fez BO contra os parlamentares, dizendo que está sendo ameaçado.

Que seja feliz
Vice-prefeita de São Caetano, Lucia Dal’Mas deixou o PMDB e se filia hoje ao PRTB, em evento com Levy Fidelix. Ela rompeu com o comandante do Palácio da Cerâmica, Paulo Pinheiro (PMDB), logo no início do mandato. O peemedebista preferiu não polemizar a movimentação da peça que pode ser uma de suas concorrentes em 2016. “Ela que siga o caminho dela e seja feliz.”



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;