Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 25 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Acesso de 2003 embala o Santo André na estréia


Divanei Guazzelli
Do Diário do Grande ABC

17/02/2004 | 00:23


O Santo André estréia na Copa do Brasil nesta quarta, às 16h, contra o Novo Horizonte, no estádio Durval Franco, em Ipameri-GO, de olho numa vitória que pode ter dupla finalidade. Primeiro, uma apresentação inicial favorável no torneio nacional, e segundo, a reabilitação de duas derrotas seguidas no Campeonato Paulista – Santos e Paulista de Jundiaí. A conquista do vice-campeonato brasileiro da Série C de 2003, com acesso para a Série B, é o que impulsiona o Santo André a tentar, se possível, uma vitória por diferença de dois ou mais gols, o que eliminaria a partida de volta, marcada para 3 de março, no estádio Bruno Daniel. Se passar pela primeira fase, o próximo adversário do time do Grande ABC será Atlético-MG ou Catuense-BA, que também fazem o jogo de ida nesta quarta à noite.

O técnico Luiz Carlos Ferreira espera um desempenho bem melhor do que aquele que a equipe mostrou na derrota por 2 a 0 para o Paulista, domingo, em Jundiaí. "Não mostramos garra", foi uma das declarações do treinador no dia seguinte a mais um resultado desfavorável no Paulista. Outras expressões como "entramos desligados" e "não reagimos" foram utilizadas por ele para justificar a má atuação.

Modificações – Para o jogo contra o Novo Horizonte, Ferreira fazer modificações radicais. A começar pelo esquema do jogo, do convencional 4-4-2 para o mais ousado 3-4-3. Dedimar, Da Guia e Alex serão os defensores. À frente, como alas, Alexandre pela direita e Cláudio na esquerda, com os marcadores Marquinhos e Cléber Gaúcho. A maior surpresa está no ataque, com o aproveitamento de Makanaki, revelação da equipe sub-20 na última Copa São Paulo de Futebol Júnior, ao lado de Jean Carlos e Fumagalli, que retorna.

Assim, exceto por imprevistos de última hora, do time que perdeu para o Paulista não jogam o zagueiro Fernando, os meias Élvis e Romerito e o atacante Fábio Reis, que está contundido. O meia Vander e o atacante Edmilson, contratados há uma semana, deverão estrear somente sábado à tarde, contra o Mogi Mirim, em Mogi Mirim, pelo Campeonato Paulista.

"Vamos atuar com aquele posicionamento utilizado nas finais da Copa Estado, contra o Ituano. A zaga precisa de proteção e, ao mesmo tempo, com três no ataque, acho que poderemos desenvolver bem o jogo. O Makanaki, inclusive, poderá ser utilizado também no Paulista, ao lado do Jean Carlos ou do Edmilson. Ele tem ido bem nos treinamentos", disse Ferreira, terça à noite, em Caldas Novas, onde a delegação está concentrada.

O treinador alerta para as virtudes do adversário desta tarde. "O Novo Horizonte é vice goiano duas vezes, tem o artilheiro do campeonato (Emerson, oito gols), goleou o Real em casa ao marcar cinco gols e sua torcida joga junto com o time", disse.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;