Fechar
Publicidade

Sábado, 23 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Banho de caneca faz parte de protesto contra racionamento


Do Diário OnLine

30/05/2001 | 11:10


Funcionários de empresas fabricante de chuveiro vão tomar banho de caneca em frente a porta das fábricas da Lorenzetti, Fame, Cardall e Duchas Corona.

O protesto é uma reação contra o risco de elevação da carga tributária do setor, que ameaça o emprego de 3,5 mil funcionários da indústria de chuveiros.

O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo, Ramiro de Jesus Pinto, informou que representantes da Cardal, Duchas Corona, Fame e Lorenzetti alegaram ter recebido informações de que a Câmara de Gestão da Crise de Energia vai aumentar o IPI de 10% para 35%, o ICMS de 18% para 25%

De acordo com Ramiro, as pessoas vão deixar de comprar chuveiro porque o valor vai aumentar. Ramiro explica que o governo pretende aumentar para 60%, e que as fábricas alegam demitir 50% do quadro de funcionários, que possui sete mil trabalhadores.

O presidente do sindicato comenta que o chuveiro não consome tanta energia quanto um freeser, portanto não é necessário aumentar o preço.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;