Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 20 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Médicos estão otimistas quanto à separação de siamesas


Da AFP

07/07/2003 | 08:14


Os médicos se declararam otimistas, ainda que prudentes, sobre os resultados da maratônica operação de separação de duas siamesas iranianas unidas pela cabeça. A cirurgia entrou em seu segundo dia e em uma fase considerada crucial.

Segundo o Raffles Hospital de Cingapura, onde está sendo feita a intervenção de 48 horas de duração, a primeira etapa transcorreu sem problemas. Os cirurgiões conseguiram tirar, na tarde deste domingo, a pele do crânio das irmãs Ladan e Lalah Bijani, e começaram a separar suas cabeças.

Esta é a primeira vez que se tenta separar siameses adultos unidos pela cabeça, e o chefe da equipe médica, dr. Keith Goh, alertou que a operação poderá custar a vida de uma ou das duas irmãs. Mas elas decidiram se submeter à operação na esperança de poder levar vidas separadas.

As siamesas iranianas de 29 anos têm corpos distintos e um cérebro cada uma, mas compartilham a caixa cranial e uma artéria que irriga o cérebro.

A fase seguinte da operação, destinada a permitir uma irrigação adequada dos dois cérebros, estava em curso na manhã desta segunda-feira.

"Às 4h, os cirurgiões começaram a criar uma derivação utilizando uma veia tirada da perna direita de Ladan. Este processo dura várias horas e, à tarde, os médicos começam a separar os dois cérebros", informou o porta-voz do hospital.

Esta operação é classificada de "sumamente complexa" e a fase neurocirúrgica é um dos aspectos mais críticos da intervenção.

Uma equipe internacional está encarregada da cirurgia e é formada por 24 médicos e cem enfermeiras. A operação começou este domingo, às 10h, hora local.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;