Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 18 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Anvisa proíbe propaganda da chamada 'vacina do sapo'


Do Diário OnLine

10/05/2004 | 13:04


A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) determinou a suspensão da propaganda sobre propriedades terapêuticas e medicinais da chamada “vacina do sapo”, cuja substância é retirada da rã Phyllomedusa bicolor. A proibição do comércio do produto também está sendo providenciada.

A agência considera que a pessoa que consumir o suco Tahitian Noni ou a Vacina do Sapo Kambô está sujeita “a sérios danos de saúde”. A substância é usada pelos índios para acabar com a má-sorte na caça e na pesca.

No entanto, as empresas distribuidoras do produto alegam propriedades anticancerígenas, anti-inflamatórias, analgésicas e antisépticas, dentre outras. A Anvisa considera, porém, que apenas medicamentos “possuem e podem alegar propriedades medicinais ou curativas”.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;