Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 9 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Israel não precisa espionar os EUA, diz fonte ligada a Sharon


Da AFP

29/08/2004 | 13:54


Os Estados Unidos são os melhores aliados de Israel e os serviços de inteligência israelenses não precisam espionar neste país, afirmou uma pessoa ligada ao primeiro-ministro Ariel Sharon, desmentindo categoricamente a acusação de que o Estado hebreu tenha um espião no Departamento americano de Defesa.

"Não temos nada a ver com essas acusações de espionagem. Se trata de um assunto interno dos Estados Unidos, que já está se desinflando", afirmou a fonte, que pediu para não ser identificada.

"Israel não utilizou um agente para espionar nos Estados Unidos, já que este país é seu melhor aliado", acrescentou, precisando que "fontes do gabinete do Chefe de Governo desmentiram categoricamente no sábado as acusações".

A fonte se referia às revelações do jornal Washington Post de que o suposto espião seria Larry Franklin, um funcionário do Pentágono prestes a se aposentar, especializado em Oriente Médio e sul da Ásia, que antes trabalhava para os serviços de inteligência militar.

O deputado israelense Ehud Yatom, membro da subcomissão parlamentar que supervisiona as atividades dos serviços de inteligência, afirmou que nunca havia escutado o nome de Franklin. "Israel não precisa recorrer a esse tipo de agente", disse.

"Se os americanos não nos dizem tudo, nos transmitem todas as informações indispensáveis. Há relações muito abertas entre o Comitê de Assuntos Públicos Americano-Israelense (Aipac) e o governo americano, e pode ser que tenha acontecido um mal-entendido, mas isso não tem nada a ver com nossos serviços de inteligência", acrescentou Yatom, deputado do Likud (direita) à rádio militar.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Israel não precisa espionar os EUA, diz fonte ligada a Sharon

Da AFP

29/08/2004 | 13:54


Os Estados Unidos são os melhores aliados de Israel e os serviços de inteligência israelenses não precisam espionar neste país, afirmou uma pessoa ligada ao primeiro-ministro Ariel Sharon, desmentindo categoricamente a acusação de que o Estado hebreu tenha um espião no Departamento americano de Defesa.

"Não temos nada a ver com essas acusações de espionagem. Se trata de um assunto interno dos Estados Unidos, que já está se desinflando", afirmou a fonte, que pediu para não ser identificada.

"Israel não utilizou um agente para espionar nos Estados Unidos, já que este país é seu melhor aliado", acrescentou, precisando que "fontes do gabinete do Chefe de Governo desmentiram categoricamente no sábado as acusações".

A fonte se referia às revelações do jornal Washington Post de que o suposto espião seria Larry Franklin, um funcionário do Pentágono prestes a se aposentar, especializado em Oriente Médio e sul da Ásia, que antes trabalhava para os serviços de inteligência militar.

O deputado israelense Ehud Yatom, membro da subcomissão parlamentar que supervisiona as atividades dos serviços de inteligência, afirmou que nunca havia escutado o nome de Franklin. "Israel não precisa recorrer a esse tipo de agente", disse.

"Se os americanos não nos dizem tudo, nos transmitem todas as informações indispensáveis. Há relações muito abertas entre o Comitê de Assuntos Públicos Americano-Israelense (Aipac) e o governo americano, e pode ser que tenha acontecido um mal-entendido, mas isso não tem nada a ver com nossos serviços de inteligência", acrescentou Yatom, deputado do Likud (direita) à rádio militar.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;