Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 11 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Brasil vence Noruega em São Bernardo

Denis Maciel/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Campeãs mundiais bateram donas da medalha de ouro na Olimpíada por 18 a 12 com destaque para atuação da goleira Babi


Caio dos Reis
Especial para o Diário

15/06/2015 | 07:00


Com atuação de gala da goleira Babi e ginásio lotado, o Brasil venceu a Noruega no segundo jogo do Desafio das Campeãs por 18 a 12, no Poliesportivo, em São Bernardo. Na sexta-feira, as europeias haviam vencido as brasileiras por 25 a 21.

Por imposição da televisão que fez a transmissão, o jogo teve duração menor, e os tradicionais dois tempos de 30 minutos deram espaço a duas etapas de 20.

Diferentemente da primeira partida, o técnico dinamarquês Morten Soubak, que comanda a Seleção Brasileira, optou por colocar as jogadoras mais experientes do grupo logo no início. E deu resultado.

Nas quatro primeiras finalizações da Noruega a goleira brasileira Babi defendeu três. Mesmo assim, as europeias conseguiram sempre ficar próximas no marcador e o Brasil pecava nos passes.

Ao fim dos primeiros 20 minutos, o placar era de 8 a 8. A Seleção teve, nas mãos de Fernanda, em tiro de sete metros, a chance de sair na frente na primeira etapa, mas a goleira norueguesa defendeu a finalização da ponta direita.

No segundo tempo, a história foi outra, e o equilíbrio visto na primeira parte deu espaço para o domínio brasileiro. Com a entrada da central Fran e grande atuação de Amanda e Fernanda, o Brasil conseguiu abrir boa vantagem e, nos primeiros dez minutos do segundo tempo, a Seleção conseguiu abrir vantagem.

A partir desse momento, as brasileiras administraram a vantagem e fecharam o placar em 18 a 12.

“Muitos componentes foram determinantes para a vitória. O principal deles foi a boa atuação da defesa. Mesmo com o tempo reduzido de jogo, erramos menos”, avaliou o comandante Morten Soubak.

>A goleira Babi enalteceu a presença da torcida e ponderou que errar menos foi a chave para a vitória.

“Tivemos mais raça e defesa, e melhoramos no ataque. Outro ponto importante foi de que acertamos as coisas que tínhamos errado no primeiro jogo. Sem contar que a alegria do público empurrou a gente”, comentou.

Agora, a equipe brasileira volta as atenções para os Jogos Pan-Americanos de Toronto, no Canadá. O técnico Morten Soubak divulga a lista das 15 atletas que vão para a competição hoje.

Depois, em dezembro, o Brasil busca o bicampeonato no Mundial da categoria, que acontece na Dinamarca.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Brasil vence Noruega em São Bernardo

Campeãs mundiais bateram donas da medalha de ouro na Olimpíada por 18 a 12 com destaque para atuação da goleira Babi

Caio dos Reis
Especial para o Diário

15/06/2015 | 07:00


Com atuação de gala da goleira Babi e ginásio lotado, o Brasil venceu a Noruega no segundo jogo do Desafio das Campeãs por 18 a 12, no Poliesportivo, em São Bernardo. Na sexta-feira, as europeias haviam vencido as brasileiras por 25 a 21.

Por imposição da televisão que fez a transmissão, o jogo teve duração menor, e os tradicionais dois tempos de 30 minutos deram espaço a duas etapas de 20.

Diferentemente da primeira partida, o técnico dinamarquês Morten Soubak, que comanda a Seleção Brasileira, optou por colocar as jogadoras mais experientes do grupo logo no início. E deu resultado.

Nas quatro primeiras finalizações da Noruega a goleira brasileira Babi defendeu três. Mesmo assim, as europeias conseguiram sempre ficar próximas no marcador e o Brasil pecava nos passes.

Ao fim dos primeiros 20 minutos, o placar era de 8 a 8. A Seleção teve, nas mãos de Fernanda, em tiro de sete metros, a chance de sair na frente na primeira etapa, mas a goleira norueguesa defendeu a finalização da ponta direita.

No segundo tempo, a história foi outra, e o equilíbrio visto na primeira parte deu espaço para o domínio brasileiro. Com a entrada da central Fran e grande atuação de Amanda e Fernanda, o Brasil conseguiu abrir boa vantagem e, nos primeiros dez minutos do segundo tempo, a Seleção conseguiu abrir vantagem.

A partir desse momento, as brasileiras administraram a vantagem e fecharam o placar em 18 a 12.

“Muitos componentes foram determinantes para a vitória. O principal deles foi a boa atuação da defesa. Mesmo com o tempo reduzido de jogo, erramos menos”, avaliou o comandante Morten Soubak.

>A goleira Babi enalteceu a presença da torcida e ponderou que errar menos foi a chave para a vitória.

“Tivemos mais raça e defesa, e melhoramos no ataque. Outro ponto importante foi de que acertamos as coisas que tínhamos errado no primeiro jogo. Sem contar que a alegria do público empurrou a gente”, comentou.

Agora, a equipe brasileira volta as atenções para os Jogos Pan-Americanos de Toronto, no Canadá. O técnico Morten Soubak divulga a lista das 15 atletas que vão para a competição hoje.

Depois, em dezembro, o Brasil busca o bicampeonato no Mundial da categoria, que acontece na Dinamarca.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;