Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 22 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Brasil é superado pela Noruega no Desafio das Campeãs

Nario Barbosa/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Seleções voltam a se enfrentar amanhã, às 10h, no Poliesportivo de São Bernardo


Caio dos Reis
Especial para o Diário

13/06/2015 | 07:00


A Noruega saiu na frente do Brasil no Desafio das Campeãs. A atual campeã olímpica bateu ontem a campeã mundial, por 25 a 21, no Ginásio Poliesportivo, em São Bernardo. Amanhã, as seleções voltam a se enfrentar, às 10h.

Com a presença da torcida, o técnico do Brasil Morten Soubak optou por começar com a ponta-esquerda Alexandra, melhor jogadora do mundo em 2013, a goleira Babi e a pivô Dani Piedade no banco. A estratégia funcionou, e a seleção tomou conta das ações ofensivas, conseguindo se manter à frente no placar boa parte da primeira etapa, sob o comando da armadora direita Deonise.

As norueguesas aproveitaram os erros de passes das brasileiras e conseguiram passar à frente, terminando o primeiro tempo com um gol de vantagem, 12 a 11.

Na segunda etapa, o Brasil não impôs bom ritmo de jogo e viu as europeias abrirem vantagem considerável, que foi administrada até o fim do confronto.

O destaque da equipe norueguesa foi a jovem armadora-direita Amanda Kurtovic. A atleta de 23 anos atua no Lavik HK (Noruega), comandou as ações ofensivas e, ao lado da também armadora-direita Mork, deu trabalho para a defesa brasileira.

A goleira Babi, que atuou no segundo tempo, disse que as falhas no ataque acabaram determinantes para a derrota. “Foram muitos erros de ataque e defesa e contra uma equipe do nível da Noruega não podemos errar tanto”, explicou.

O técnico Morten Soubak lamentou a derrota, mas comemorou a oportunidade de jogar contra uma seleção do nível da Noruega. “Para mim, o time nunca está pronto, sempre temos algo a melhorar. Mas essa fase de treinamentos e os amistosos estão me deixando muito satisfeito com o desenvolvimento da equipe”, disse o dinamarquês. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Brasil é superado pela Noruega no Desafio das Campeãs

Seleções voltam a se enfrentar amanhã, às 10h, no Poliesportivo de São Bernardo

Caio dos Reis
Especial para o Diário

13/06/2015 | 07:00


A Noruega saiu na frente do Brasil no Desafio das Campeãs. A atual campeã olímpica bateu ontem a campeã mundial, por 25 a 21, no Ginásio Poliesportivo, em São Bernardo. Amanhã, as seleções voltam a se enfrentar, às 10h.

Com a presença da torcida, o técnico do Brasil Morten Soubak optou por começar com a ponta-esquerda Alexandra, melhor jogadora do mundo em 2013, a goleira Babi e a pivô Dani Piedade no banco. A estratégia funcionou, e a seleção tomou conta das ações ofensivas, conseguindo se manter à frente no placar boa parte da primeira etapa, sob o comando da armadora direita Deonise.

As norueguesas aproveitaram os erros de passes das brasileiras e conseguiram passar à frente, terminando o primeiro tempo com um gol de vantagem, 12 a 11.

Na segunda etapa, o Brasil não impôs bom ritmo de jogo e viu as europeias abrirem vantagem considerável, que foi administrada até o fim do confronto.

O destaque da equipe norueguesa foi a jovem armadora-direita Amanda Kurtovic. A atleta de 23 anos atua no Lavik HK (Noruega), comandou as ações ofensivas e, ao lado da também armadora-direita Mork, deu trabalho para a defesa brasileira.

A goleira Babi, que atuou no segundo tempo, disse que as falhas no ataque acabaram determinantes para a derrota. “Foram muitos erros de ataque e defesa e contra uma equipe do nível da Noruega não podemos errar tanto”, explicou.

O técnico Morten Soubak lamentou a derrota, mas comemorou a oportunidade de jogar contra uma seleção do nível da Noruega. “Para mim, o time nunca está pronto, sempre temos algo a melhorar. Mas essa fase de treinamentos e os amistosos estão me deixando muito satisfeito com o desenvolvimento da equipe”, disse o dinamarquês. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;