Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

São Caetano é a 4ª do Brasil em poupança


Pedro Souza
Do Diário do Grande ABC

24/08/2010 | 07:01


São Caetano é a quarta cidade do País que tem mais dinheiro aplicado na caderneta de poupança, considerando a média por habitante. Cada são-caetanense tem, em média, R$ 7.666,69 guardado nesta modalidade. Considerando o recorte estadual, o município é o segundo, perdendo apenas para Águas de São Pedro, da região de Piracicaba, cuja média per capta é de R$ 7.762,92.

Ao todo, a menor cidade do Grande ABC em área, com 15 quilômetros quadrados, acumulava R$ 1,1 bilhão investidos na modalidade, segundo último levantamento, referente a maio, do BC (Banco Central do Brasil).

De acordo com a mais recente estimativa de população do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), de julho de 2009, São Caetano possuía 152.093 habitantes.

O Diário chegou à média per capta depositada em poupança cruzando os dados da autarquia monetária, de maio, e os da empresa de pesquisa, de julho de 2009.

TOPO
A cidade gaúcha Garibaldi é a líder no ranking nacional das pessoas que mais aplicam na poupança. A média per capta atinge R$ 8.107,66, tendo em vista que o montante investido contabilizado pelo BC na cidade é R$ 247 milhões. Porém, a população girava em torno de 30.518 habitantes. Águas de São Pedro garante a segunda colocação.

A terceira posição nacional também é gaúcha. Nova Pádua apresentou média de R$ 7.700,52, com total aplicado de R$ 4,3 milhões e apenas 2.598 habitantes.

CAPITAL
São Paulo aparece na 30º posição do ranking, com média de R$ 4.379,80 aplicados. O valor total na poupança girava em torno de R$ 48,3 bilhões e a população, no ano passado, era de 11.037.593 pessoas.

O Rio de Janeiro posicionou-se no 23º lugar. Os poupadores cariocas deixavam, em média, R$ 4.968,68 cada na modalidade. Assim, acumulam R$ 30 bilhões aplicados, tendo em vista que a população era de 6.186.710 habitantes.

IDOSO
As cinco primeiras colocadas do ranking nacional têm um ponto em comum: o percentual de pessoas acima de 60 anos em relação à população total. Conforme o Censo o último do IBGE, estes municípios se enquadram nas cerca de 1.000 cidades com mais de 10% da população nessa faixa etária.


Santo André e S.Bernardo aparecem entre as 100 primeiras
Os andreenses foram responsáveis pela 50ª posição da lista das cidades com maior aplicação em caderneta de poupança per capta do País, com R$ 3.782,98. E São Bernardo garantiu o 87º lugar com média de R$ 3.359,54. Ambas têm mais que o dobro do volume total aplicado em São Caetano (R$ 1,1 bilhão). Porém, superam a população da menor cidade da região em mais de quatro vezes.

Segundo dados do Banco Central do Brasil, o Grande ABC acumulava, em maio, R$ 8,1 bilhões aplicados em poupança. Cruzando os dados da lista dos municípios, a região é a quinta em volume investido, perdendo para São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Porto Alegre.

Em média per capta investida na modalidade, R$ 3.025,75, a colocação seria a 124ª no ranking. (Pedro Souza)



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;