Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 18 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Júlio Campos vence e põe fim a tabu

Ari Paleta/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Pela primeira vez na história um piloto curitibano ganha em casa na StockCar; Daniel Serra leva bateria inicial do dia


Anderson Fattori
Enviado a Curitiba

01/06/2015 | 07:00


Emoção não faltou no fim de semana de velocidade no Autódromo Internacional de Curitiba, localizado em Pinhais. Com 105 carros e 112 pilotos de quatro categorias, as chaves de ouro foram as duas provas da StockCar, ontem, que levantaram os torcedores. Daniel Serra (Red Bull) venceu a primeira, enquanto o curitibano Júlio Campos (Prati-Donaduzzi) pôs fim ao tabu de um anfitrião nunca ter vencido em casa e cruzou a linha de chegada na frente na segunda bateria.

Não tinha ninguém mais feliz do que Júlio Campos após as disputas do fim de semana. Além de vencer ao lado dos torcedores locais, ele assumiu a liderança da StockCar, com 87 pontos, apenas um à frente de Cacá Bueno, sétimo na primeira bateria e quinto na segunda.

“Tabu, que tabu?”, brincou o curitibano, piloto número 4, assim que desceu do carro. “Estou muito feliz por ter cumprido com o que tinha prometido e vencer em casa para esquecerem esta história de nenhum anfitrião ter ficado em primeiro. Mais feliz ainda com a liderança da competição”, emendou Júlio Campos.


OUTRAS CATEGORIAS

Ontem foram realizadas também as segundas provas do fim de semana pelo Brasileiro de Turismo e pela Copa Petrobras. Na primeira, Marcio Campos repetiu o resultado de sábado e venceu, seguido por Felipe Guimarães e Marcos Cozzi. Já na Copa Petrobras, a vitória ficou com Thiago Marques, seguido de Vitor Meira e Gustavo Martins.


Batida na largada marca prova da Mercedes-Benz Challenge


Batida forte a poucos metros da largada mudou o panorama da etapa de ontem da Mercedes-Benz Challenge, disputada em Pinhais. Pelo menos sete pilotos se envolveram no acidente, que não afetou o pole position Fernando Júnior. Seguro, ele não deu chances aos rivais e venceu de ponta a ponta, assumindo a vice-liderança no campeonato, com 45 pontos.

Em segundo, ficou Cristian Mohr (terceiro no geral, com 36), seguido do líder da temporada, Adriano Rabelo, que havia vencido as duas primeiras etapas e tem 55 pontos.
Entre os pilotos do Grande ABC na disputa, o andreense Danilo Pinto, da Scuderia 111/Diário foi quem se deu melhor. Ele largou em 21º, teve habilidade suficiente para se desvencilhar do acidente no início e terminou na 12ª posição.

Com o resultado, mesmo não disputando a segunda etapa, em Ribeirão Preto, Danilo somou quatro pontos, subiu duas posições na classificação e agora é o 15º, com nove. “Tenho muito a melhorar, mas se analisar o que foi a corrida, acho que foi positivo o resultado. Escapei dos acidentes, só fumaça branca na frente, tive de tomar decisão em milésimos de segundos, quando estava a 200 quilômetros por hora. Feliz por levar uns pontos para casa.”

Já o são-bernardense Fernando Fortes não teve sorte e abandonou a prova na 12ª volta. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;