Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 25 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Automóveis

automoveis@dgabc.com.br | 4435-8337

Interconectividade


Anelisa Lopes
Do Diário do Grande ABC

23/05/2007 | 07:08


GPS, cartão de memória, triangulação, bluetooth. À primeira vista, muitos desconhecem o significado destas palavras, mas, a cada dia, elas estão mais próximas dos motoristas brasileiros.

Para se ter uma idéia, há três anos poucos veículos dispunham de aparelhos de áudio que faziam a leitura de músicas em formato MP3 (sistema que armazena músicas de forma compacta).

Em 2005, os equipamentos que traziam essa tecnologia chegaram a ser 30% do total vendido no País. A previsão é de que, neste ano, dominem o mercado com 90% das vendas.

MP3, no entanto, pode ser considerado passado. Hoje em dia, as empresas de áudio já dispõem de modelos que podem receber músicas gravadas no computador. Ou seja, já é possível passar arquivos para o rádio por meio de pen drives (pela entrada USB) e cartões de memória.

Segundo Luiz Peluzzo, gerente de Vendas da Visteon, em setembro deve chegar ao Brasil um aparelho que integra cartão de memória, USB e bluetooth. “Em breve, músicas gravadas no celular poderão ser ouvidas no som do veículo”.

Presente pela primeira vez como item de série no Fiat Stilo Connect, há três anos, o bluetooth permite que o condutor fale pelo celular sem o uso das mãos por meio do aparelho de som e de um microfone.

“A tecnologia funciona por ondas de rádio até um alcance de dez metros. O celular pode estar no porta-malas ou no banco de trás. Ao tocar, o volume do som abaixa e a conversa é iniciada”, explica Rodrigo Link, gerente de Acessórios da Nokia.

Nos próximos meses, a empresa passará a comercializar um modelo que traz uma tela de LCD para passar informações como as mensagens recebidas no celular.

O celular também é parte integrante de outro equipamento que vem sendo oferecido como item de série nos modelos nacionais da Volkswagen.

O rastreador utiliza a tecnologia GSM do telefone móvel, sistema de rádio e de satélite. Escondido dentro do carro, o aparelho, além de enviar à central latitude e longitude do veículo, também pode monitorá-lo 24 horas, em tempo real. O proprietário ainda contrata opcionalmente um serviço que informa performance, velocidade e trajeto do automóvel.

Ricardo Rocha, da Magnetti Marelli, explica que o navegador parte do mesmo princípio do rastreador, com a diferença de interagir com mapas gravados em softwares.

“Uma antena sintonizada na freqüência certa faz a triangulação (com três satélites) para definir a localização do carro”. A informação é lida em conjunto com o mapa da cidade, orientando o motorista por onde ele deve ir. Caso ele erre, o caminho é recalculado.

Nos próximos meses, a Delphi trará uma novidade ao segmento de navegadores. “O GPS poderá receber a tecnologia bluetooth”, antecipa Alexandre Didoné, gerente de Produtos da marca.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Interconectividade

Anelisa Lopes
Do Diário do Grande ABC

23/05/2007 | 07:08


GPS, cartão de memória, triangulação, bluetooth. À primeira vista, muitos desconhecem o significado destas palavras, mas, a cada dia, elas estão mais próximas dos motoristas brasileiros.

Para se ter uma idéia, há três anos poucos veículos dispunham de aparelhos de áudio que faziam a leitura de músicas em formato MP3 (sistema que armazena músicas de forma compacta).

Em 2005, os equipamentos que traziam essa tecnologia chegaram a ser 30% do total vendido no País. A previsão é de que, neste ano, dominem o mercado com 90% das vendas.

MP3, no entanto, pode ser considerado passado. Hoje em dia, as empresas de áudio já dispõem de modelos que podem receber músicas gravadas no computador. Ou seja, já é possível passar arquivos para o rádio por meio de pen drives (pela entrada USB) e cartões de memória.

Segundo Luiz Peluzzo, gerente de Vendas da Visteon, em setembro deve chegar ao Brasil um aparelho que integra cartão de memória, USB e bluetooth. “Em breve, músicas gravadas no celular poderão ser ouvidas no som do veículo”.

Presente pela primeira vez como item de série no Fiat Stilo Connect, há três anos, o bluetooth permite que o condutor fale pelo celular sem o uso das mãos por meio do aparelho de som e de um microfone.

“A tecnologia funciona por ondas de rádio até um alcance de dez metros. O celular pode estar no porta-malas ou no banco de trás. Ao tocar, o volume do som abaixa e a conversa é iniciada”, explica Rodrigo Link, gerente de Acessórios da Nokia.

Nos próximos meses, a empresa passará a comercializar um modelo que traz uma tela de LCD para passar informações como as mensagens recebidas no celular.

O celular também é parte integrante de outro equipamento que vem sendo oferecido como item de série nos modelos nacionais da Volkswagen.

O rastreador utiliza a tecnologia GSM do telefone móvel, sistema de rádio e de satélite. Escondido dentro do carro, o aparelho, além de enviar à central latitude e longitude do veículo, também pode monitorá-lo 24 horas, em tempo real. O proprietário ainda contrata opcionalmente um serviço que informa performance, velocidade e trajeto do automóvel.

Ricardo Rocha, da Magnetti Marelli, explica que o navegador parte do mesmo princípio do rastreador, com a diferença de interagir com mapas gravados em softwares.

“Uma antena sintonizada na freqüência certa faz a triangulação (com três satélites) para definir a localização do carro”. A informação é lida em conjunto com o mapa da cidade, orientando o motorista por onde ele deve ir. Caso ele erre, o caminho é recalculado.

Nos próximos meses, a Delphi trará uma novidade ao segmento de navegadores. “O GPS poderá receber a tecnologia bluetooth”, antecipa Alexandre Didoné, gerente de Produtos da marca.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;