Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 15 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Estudantes com dificuldade para renovar Fies fazem manifestação

Nario Barbosa/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Ato em frente à Anhanguera pede providências à faculdade e ao MEC


Yago Delbuoni
Especial para o Diário

26/05/2015 | 07:00


Complicações para realizar aditamentos de contratos do Fies (Financiamento Estudantil) na Faculdade Anhanguera de São Bernardo motivaram manifestação em frente à instituição de ensino, no Jardim do Mar, na noite de ontem. O prazo para realizar o procedimento, que já foi estendido pelo MEC (Ministério da Educação), vence na sexta-feira.

A consultora de vendas e aluna de Gestão de Qualidade Simone Aparecida Corsi, 45 anos, não sabe o que fazer. “Estou no último ano do curso e estamos a Deus dará.”

Simone definiu a situação como desesperadora. “Na semana que vem começam as provas finais do semestre. Estou indo às aulas para não ficar com falta. Queria participar de um concurso público. Nessa situação penso: ‘Será que perdi um ano e meio da minha vida?’”

Outro aluno que depende da renovação do Fies é o trabalhador do ramo de logística e estudante do 3º semestre de Psicologia Djalma de Souza Lima, 40. Segundo ele, a situação já trouxe consequências para sua turma. “Muita gente desistiu do curso. Essa incerteza atrapalha até a concentração nos estudos.”

O auxiliar de monitoramento e discente do 3º semestre de Psicologia Thiago Caetano do Nascimento, 31, disse que o sonho de se graduar está ficando complicado. “Mas ainda tenho esperanças.”

Nascimento disse que, se precisasse pagar a mensalidade agora, seria inviável concluir o curso. “Não haveria condições. E o pior é que ninguém sabe de quem é a culpa, se é do Fies ou da faculdade.”

Por nota, a Anhanguera afirmou que as dificuldades acontecem por um erro no sistema do MEC. A instituição disse ter informado formalmente a Pasta federal. Ainda segundo a nota, a faculdade busca junto ao MEC solução para regularizar a situação dos alunos.

Já o MEC não se pronunciou até o fechamento desta edição.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Estudantes com dificuldade para renovar Fies fazem manifestação

Ato em frente à Anhanguera pede providências à faculdade e ao MEC

Yago Delbuoni
Especial para o Diário

26/05/2015 | 07:00


Complicações para realizar aditamentos de contratos do Fies (Financiamento Estudantil) na Faculdade Anhanguera de São Bernardo motivaram manifestação em frente à instituição de ensino, no Jardim do Mar, na noite de ontem. O prazo para realizar o procedimento, que já foi estendido pelo MEC (Ministério da Educação), vence na sexta-feira.

A consultora de vendas e aluna de Gestão de Qualidade Simone Aparecida Corsi, 45 anos, não sabe o que fazer. “Estou no último ano do curso e estamos a Deus dará.”

Simone definiu a situação como desesperadora. “Na semana que vem começam as provas finais do semestre. Estou indo às aulas para não ficar com falta. Queria participar de um concurso público. Nessa situação penso: ‘Será que perdi um ano e meio da minha vida?’”

Outro aluno que depende da renovação do Fies é o trabalhador do ramo de logística e estudante do 3º semestre de Psicologia Djalma de Souza Lima, 40. Segundo ele, a situação já trouxe consequências para sua turma. “Muita gente desistiu do curso. Essa incerteza atrapalha até a concentração nos estudos.”

O auxiliar de monitoramento e discente do 3º semestre de Psicologia Thiago Caetano do Nascimento, 31, disse que o sonho de se graduar está ficando complicado. “Mas ainda tenho esperanças.”

Nascimento disse que, se precisasse pagar a mensalidade agora, seria inviável concluir o curso. “Não haveria condições. E o pior é que ninguém sabe de quem é a culpa, se é do Fies ou da faculdade.”

Por nota, a Anhanguera afirmou que as dificuldades acontecem por um erro no sistema do MEC. A instituição disse ter informado formalmente a Pasta federal. Ainda segundo a nota, a faculdade busca junto ao MEC solução para regularizar a situação dos alunos.

Já o MEC não se pronunciou até o fechamento desta edição.  

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;