Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 2 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Contas do santuário de Fátima abrigaram ouro nazista


Do Diário do Grande ABC

04/05/2000 | 10:25


O reitor do santuário de Fátima reconheceu que o ouro nazista chegou a circular, sem que se soubesse, durante os anos 70, por meio de uma conta aberta em um banco da Cidade do Porto (Norte).

Monsenhor Luciano Guerra explicou em um comunicado que ``em 1970, o santuário ordenou fundir o ouro, que considerou nao ter nenhum interesse museológico, e depositá-lo em um banco da Cidade do Porto. Parte desse ouro, procedente das doaçoes feitas pelos peregrinos, foi utilizada pelo banco, com a autorizaçao do entao reitor, sob condiçao de devolvê-lo com o mesmo peso'', precisou.

Entre o ouro devolvido pelo banco a partir de 1976, ``havia vários lingotes com a marca do Terceiro Reich'', disse monsenhor Guerra, considerando que o ouro tinha sido provavelmente comprado ao Banco de Portugal pelo banco administrador das contas do santuário de Fátima.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;