Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 14 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Fipe tem nova deflaçao de 0,41%


Do Diário do Grande ABC

10/06/1999 | 08:58


A Fundaçao Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) apurou na primeira quadrissemana de junho - período compreendido entre os dias 1 e 6 - nova deflaçao de 0 41% no Indice de Preços ao Consumidor (IPC) na capital paulista.

De acordo com os dados divulgados nesta quinta, o ítem alimentaçao manteve sua inclinaçao de queda, registrando a maior variaçao negativa entre os sete grupos pesquisados, de 2,13%. O custo de transportes também ficou negativo, em 0,75%. A maior alta foi observada no setor de vestuário, com elevaçao média de preços de 3,50%.

Os gastos com saúde subiram 0,80%, enquanto que os de educaçao cresceram 0,14%. As despesas pessoais tiveram uma variaçao positiva de 0,11%. Já o custo com habitaçao permaneceu estável no período. O IPC-Fipe calcula a variaçao de preços ao consumidor do município de Sao Paulo para a faixa de renda familiar entre 1 e 20 salários mínimos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Fipe tem nova deflaçao de 0,41%

Do Diário do Grande ABC

10/06/1999 | 08:58


A Fundaçao Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) apurou na primeira quadrissemana de junho - período compreendido entre os dias 1 e 6 - nova deflaçao de 0 41% no Indice de Preços ao Consumidor (IPC) na capital paulista.

De acordo com os dados divulgados nesta quinta, o ítem alimentaçao manteve sua inclinaçao de queda, registrando a maior variaçao negativa entre os sete grupos pesquisados, de 2,13%. O custo de transportes também ficou negativo, em 0,75%. A maior alta foi observada no setor de vestuário, com elevaçao média de preços de 3,50%.

Os gastos com saúde subiram 0,80%, enquanto que os de educaçao cresceram 0,14%. As despesas pessoais tiveram uma variaçao positiva de 0,11%. Já o custo com habitaçao permaneceu estável no período. O IPC-Fipe calcula a variaçao de preços ao consumidor do município de Sao Paulo para a faixa de renda familiar entre 1 e 20 salários mínimos.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;