Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 25 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Mineiros querem que Itamar negocie com o governo


Do Diário do Grande ABC

24/01/1999 | 16:47


O governador Itamar Franco, segundo a maioria dos mineiros, deveria acabar a disputa com o presidente Fernando Henrique Cardoso e partir para a negociaçao com o governo federal. É o que indica pesquisa do Instituto DataTempo, do jornal O Tempo, divulgada neste domingo. Só 24,8% dos entrevistados acham que Itamar deve continuar desafiando o governo federal, enquanto 71,1% querem que o governador mineiro busque uma negociaçao com o Palácio do Planalto.

A iniciativa do diálogo deveria partir de Itamar, de acordo com 51,5% dos entrevistados, enquanto 41,1% acham que a busca da conciliaçao deveria vir de Fernando Henrique. Só 34,1% dos entrevistados acrediram que a moratória decretada pelo governador vai melhorar a vida dos mineiros, enquanto 42,6% entendem que os mineiros vao piorar de vida por causa da decisao de Itamar Franco de suspender os pagamentos do estado por 90 dias. Na opiniao da ampla maioria (73%) dos entrevistados, porém, Itamar nao é o responsável pela crise financeira no país que abalou o país nos últimos dias. Só 21,5% disseram que consideram o governador mineiro o culpado pela crise. A pesquisa foi rezalizada na sexta-feira junto a 540 entrevistados na Regiao Metropolitana de Belo Horizonte.

O confronto Itamar-Fernando Henrique e as mudanças na política cambial, revela a pesquisa, nao influenciaram no apoio dos mineiros ao Plano Real: 61,5% dos entrevistados disseram confiar no Plano Real, contra 35,6% que responderam que nao confiar mais no plano. Nada menos que 63% dos entrevistados, entretanto, acreditam que o desemprego vai aumentar, 57,4% esperam um aumento da inflaçao e 75,2% apostam na elevaçao do preço do dólar.

Ainda segundo a pesquisa, o ajuste fiscal tem um pequeno apoio popular em Minas. Dos entrevistados, 72,2% se manifestaram contra a elevaçao da contribuiçao dos previdenciários e 70% contra o ajuste fiscal. Mas 81,1% dos entrevistados preferem viver sem inflaçao e 58,1% reconhecem que melhorou de vida por causa do Plano Real.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Mineiros querem que Itamar negocie com o governo

Do Diário do Grande ABC

24/01/1999 | 16:47


O governador Itamar Franco, segundo a maioria dos mineiros, deveria acabar a disputa com o presidente Fernando Henrique Cardoso e partir para a negociaçao com o governo federal. É o que indica pesquisa do Instituto DataTempo, do jornal O Tempo, divulgada neste domingo. Só 24,8% dos entrevistados acham que Itamar deve continuar desafiando o governo federal, enquanto 71,1% querem que o governador mineiro busque uma negociaçao com o Palácio do Planalto.

A iniciativa do diálogo deveria partir de Itamar, de acordo com 51,5% dos entrevistados, enquanto 41,1% acham que a busca da conciliaçao deveria vir de Fernando Henrique. Só 34,1% dos entrevistados acrediram que a moratória decretada pelo governador vai melhorar a vida dos mineiros, enquanto 42,6% entendem que os mineiros vao piorar de vida por causa da decisao de Itamar Franco de suspender os pagamentos do estado por 90 dias. Na opiniao da ampla maioria (73%) dos entrevistados, porém, Itamar nao é o responsável pela crise financeira no país que abalou o país nos últimos dias. Só 21,5% disseram que consideram o governador mineiro o culpado pela crise. A pesquisa foi rezalizada na sexta-feira junto a 540 entrevistados na Regiao Metropolitana de Belo Horizonte.

O confronto Itamar-Fernando Henrique e as mudanças na política cambial, revela a pesquisa, nao influenciaram no apoio dos mineiros ao Plano Real: 61,5% dos entrevistados disseram confiar no Plano Real, contra 35,6% que responderam que nao confiar mais no plano. Nada menos que 63% dos entrevistados, entretanto, acreditam que o desemprego vai aumentar, 57,4% esperam um aumento da inflaçao e 75,2% apostam na elevaçao do preço do dólar.

Ainda segundo a pesquisa, o ajuste fiscal tem um pequeno apoio popular em Minas. Dos entrevistados, 72,2% se manifestaram contra a elevaçao da contribuiçao dos previdenciários e 70% contra o ajuste fiscal. Mas 81,1% dos entrevistados preferem viver sem inflaçao e 58,1% reconhecem que melhorou de vida por causa do Plano Real.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;