Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 22 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Confiante, Verdão recebe o Galo na estreia do Brasileiro

Agência Palmeiras/Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Favorito a brigar entre os primeiros, Palmeiras
espera começar a competição com o pé direito


Felipe Simões
Do Diário do Grande ABC

09/05/2015 | 07:00


Começar o Campeonato Brasileiro com o pé direito é o principal objetivo do Palmeiras na estreia de hoje, às 18h30, contra o Atlético-MG. Cotado para brigar na parte de cima da tabela, o Verdão tem tudo para iniciar bem no Nacional. Isso porque o Galo pensa no confronto de quarta-feira, com o Internacional, em Porto Alegre, pela Copa Libertadores da América, e utilizará time reserva hoje – a única exceção é o goleiro Victor.

“É um campeonato muito difícil e a minha projeção é muito otimista. Acho que faremos um ótimo campeonato, mas temos outros 19 clubes querendo dizer ‘não’”, avaliou o técnico Oswaldo de Oliveira, que tem razões para estar confiante em boa campanha no Brasileirão, ao contrário do que ocorreu no ano passado, quando o Verdão quase caiu para a Série B – só se livrou na última rodada com um empate ante o Atlético-PR, em casa, e uma vitória do Santos contra o Vitória na Bahia.

Isso porque o Palmeiras chegou à final e foi vice-campeão do Campeonato Paulista com todos os méritos: montou um elenco renovado – foram 21 atletas contratados em 2015 – e jogou de igual para igual com os rivais no Estado. Elenco, aliás, que é visto como diferencial para o Verdão nesta temporada.

“Continuamos em formação, claro que em outro estágio. Todos têm uma leitura, mas o nível do Campeonato Brasileiro acaba provocando o amadurecimento da equipe, e nós comprovaremos isso a cada jogo que passar. Temos de fazer do Palmeiras uma grande equipe e acredito que este entrosamento nos ajudará bastante para evoluir”, comentou o técnico palmeirense.

Esse foi um dos fatores que trouxeram o torcedor de volta ao estádio. Com os bons resultados, o Allianz Parque tem sido lotado pelos palestrinos, que apoiam a equipe faça chuva ou faça sol. No decorrer das 38 rodadas do Brasileirão, esse pode ser um diferencial do clube.

“Nós estrearemos em nosso campo, e isso cria uma atmosfera favorável”, comentou Oswaldo, que não espera jogo fácil ante o Galo. “(A estreia) É contra um adversário superexperiente, campeoníssimo e com jogadores de muita qualidade. A gente sabe que muitas vezes este mando de campo precisa de algo a mais para conquistar uma vitória”, explicou.

Além disso, o treinador terá diversos desfalques para a estreia. Arouca, lesionado na coxa esquerda, está fora, assim como Leandro e Jackson, ambos com dores musculares. Já Cristaldo, com dores no pé esquerdo, e Cleiton Xavier, com edema na coxa direita, também não jogarão contra o Galo.

Com isso, o jovem Gabriel Jesus ganhará chance como centroavante. Anteriormente, ele só havia começado jogando com a equipe reserva.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Confiante, Verdão recebe o Galo na estreia do Brasileiro

Favorito a brigar entre os primeiros, Palmeiras
espera começar a competição com o pé direito

Felipe Simões
Do Diário do Grande ABC

09/05/2015 | 07:00


Começar o Campeonato Brasileiro com o pé direito é o principal objetivo do Palmeiras na estreia de hoje, às 18h30, contra o Atlético-MG. Cotado para brigar na parte de cima da tabela, o Verdão tem tudo para iniciar bem no Nacional. Isso porque o Galo pensa no confronto de quarta-feira, com o Internacional, em Porto Alegre, pela Copa Libertadores da América, e utilizará time reserva hoje – a única exceção é o goleiro Victor.

“É um campeonato muito difícil e a minha projeção é muito otimista. Acho que faremos um ótimo campeonato, mas temos outros 19 clubes querendo dizer ‘não’”, avaliou o técnico Oswaldo de Oliveira, que tem razões para estar confiante em boa campanha no Brasileirão, ao contrário do que ocorreu no ano passado, quando o Verdão quase caiu para a Série B – só se livrou na última rodada com um empate ante o Atlético-PR, em casa, e uma vitória do Santos contra o Vitória na Bahia.

Isso porque o Palmeiras chegou à final e foi vice-campeão do Campeonato Paulista com todos os méritos: montou um elenco renovado – foram 21 atletas contratados em 2015 – e jogou de igual para igual com os rivais no Estado. Elenco, aliás, que é visto como diferencial para o Verdão nesta temporada.

“Continuamos em formação, claro que em outro estágio. Todos têm uma leitura, mas o nível do Campeonato Brasileiro acaba provocando o amadurecimento da equipe, e nós comprovaremos isso a cada jogo que passar. Temos de fazer do Palmeiras uma grande equipe e acredito que este entrosamento nos ajudará bastante para evoluir”, comentou o técnico palmeirense.

Esse foi um dos fatores que trouxeram o torcedor de volta ao estádio. Com os bons resultados, o Allianz Parque tem sido lotado pelos palestrinos, que apoiam a equipe faça chuva ou faça sol. No decorrer das 38 rodadas do Brasileirão, esse pode ser um diferencial do clube.

“Nós estrearemos em nosso campo, e isso cria uma atmosfera favorável”, comentou Oswaldo, que não espera jogo fácil ante o Galo. “(A estreia) É contra um adversário superexperiente, campeoníssimo e com jogadores de muita qualidade. A gente sabe que muitas vezes este mando de campo precisa de algo a mais para conquistar uma vitória”, explicou.

Além disso, o treinador terá diversos desfalques para a estreia. Arouca, lesionado na coxa esquerda, está fora, assim como Leandro e Jackson, ambos com dores musculares. Já Cristaldo, com dores no pé esquerdo, e Cleiton Xavier, com edema na coxa direita, também não jogarão contra o Galo.

Com isso, o jovem Gabriel Jesus ganhará chance como centroavante. Anteriormente, ele só havia começado jogando com a equipe reserva.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;