Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 22 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Caravana Siga Bem promove ações para caminhoneiros


Daniel Macário
Especial para o Diário

09/05/2015 | 07:00


Prestes a completar dez anos na estradas brasileiras, a Caravana Siga Bem 2015 iniciou ontem os trabalhos de sua nona edição, em São Bernardo. Considerada a maior ação social itinerante da América Latina, o programa além de oferecer entretenimento entre os caminhoneiros visa o combate da exploração e do abuso sexual da criança e do adolescente.

Nesta edição, para atingir seu objetivo, a Caravana irá visitar 110 cidades e 22 estados mais o Distrito Federal, no período de maio de 2015 e fevereiro de 2016. No Grande ABC, estão previstas ações somente em São Bernardo, sem data prevista.

Parceiro da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, o projeto ajuda na divulgação do Disque Direitos Humanos (Disque 100) e do aplicativo Proteja Brasil, que pode ser utilizado nos dispositivos móveis para apoiar o cidadão que busca acesso aos equipamentos públicos e serviços sociais de proteção integral dos direitos das crianças e adolescentes brasileiros e da violência contra a mulher. Nos últimos anos, quase 17 mil mulheres foram vítimas de assassinato por razões de gênero, de acordo com o IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada).

“É um programa, que na verdade, promove a educação dos direitos humanos informal. A caravana, ao passar por diversos locais no território nacional, tem um foco dirigido para os caminhoneiros, mas também ao conjunto da população daquela comunidade”, afirma o Ministro da Pasta, Pepe Vargas, que esteve presente no evento.
Segundo o idealizador do projeto, Alexandre Côrte, o projeto desde 2003 transforma vidas. “Desde a primeira edição até os dias de hoje, alcançamos mais de 1,7 milhão de motoristas. Nossa missão é promover cidadania e conscientização entre os caminhoneiros do Brasil, bem como proporcionar ações de entretenimento e lazer. A realização da nona edição mostra que estamos no caminho certo.”

Para Philipp Schiemer, presidente da Mercedes-Benz do Brasil, que neste ano também participa do projeto, as ações servem como forma da empresa se aproximar de seus clientes. “Essa caravana que passa por todo o Brasil para nós é uma oportunidade muito boa de entrar em contato com esses caminhoneiros que utilizam nossos produtos.” 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Caravana Siga Bem promove ações para caminhoneiros

Daniel Macário
Especial para o Diário

09/05/2015 | 07:00


Prestes a completar dez anos na estradas brasileiras, a Caravana Siga Bem 2015 iniciou ontem os trabalhos de sua nona edição, em São Bernardo. Considerada a maior ação social itinerante da América Latina, o programa além de oferecer entretenimento entre os caminhoneiros visa o combate da exploração e do abuso sexual da criança e do adolescente.

Nesta edição, para atingir seu objetivo, a Caravana irá visitar 110 cidades e 22 estados mais o Distrito Federal, no período de maio de 2015 e fevereiro de 2016. No Grande ABC, estão previstas ações somente em São Bernardo, sem data prevista.

Parceiro da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, o projeto ajuda na divulgação do Disque Direitos Humanos (Disque 100) e do aplicativo Proteja Brasil, que pode ser utilizado nos dispositivos móveis para apoiar o cidadão que busca acesso aos equipamentos públicos e serviços sociais de proteção integral dos direitos das crianças e adolescentes brasileiros e da violência contra a mulher. Nos últimos anos, quase 17 mil mulheres foram vítimas de assassinato por razões de gênero, de acordo com o IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada).

“É um programa, que na verdade, promove a educação dos direitos humanos informal. A caravana, ao passar por diversos locais no território nacional, tem um foco dirigido para os caminhoneiros, mas também ao conjunto da população daquela comunidade”, afirma o Ministro da Pasta, Pepe Vargas, que esteve presente no evento.
Segundo o idealizador do projeto, Alexandre Côrte, o projeto desde 2003 transforma vidas. “Desde a primeira edição até os dias de hoje, alcançamos mais de 1,7 milhão de motoristas. Nossa missão é promover cidadania e conscientização entre os caminhoneiros do Brasil, bem como proporcionar ações de entretenimento e lazer. A realização da nona edição mostra que estamos no caminho certo.”

Para Philipp Schiemer, presidente da Mercedes-Benz do Brasil, que neste ano também participa do projeto, as ações servem como forma da empresa se aproximar de seus clientes. “Essa caravana que passa por todo o Brasil para nós é uma oportunidade muito boa de entrar em contato com esses caminhoneiros que utilizam nossos produtos.” 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;