Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 14 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Técnico morreu afogado, diz laudo

André Henriques/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Segundo delegada, apenas o documento do funcionário da Sabesp Josileu da Silva está pronto


Yara Ferraz
Do Diário do Grande ABC

09/05/2015 | 07:00


O exame necroscópico do técnico da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) Josileu Fontes da Silva, 39 anos, determinou que ele morreu por asfixia em decorrência de afogamento. O corpo do trabalhador foi encontrado na Represa Billings no dia 30 de abril.

Conforme a delegada titular do 6º DP (Baeta Neves), Kátia Regina Cristofaro Martins, responsável pelas investigações do caso, o documento foi o único recebido por ela até agora. Ele é produzido pelo IML (Instituto Médico-Legal).

“Por enquanto só temos a necrópsia do Josileu. Ainda aguardo o exame toxicológico, que determina álcool ou outras substâncias no sangue. A documentação do outro funcionário, o Jorge (Jurkonis, 46), não foi liberada ainda”, garantiu.

A delegada também aguarda laudo do IC (Instituto de Criminalística), que foi pedido assim que o barco foi encontrado à deriva na represa. A previsão é que a papelada fique pronta em até 30 dias. “Pode ser que liberem antes, como aconteceu com o do Josileu, mas costumam ficar prontos em, no máximo, este período.”

Para tirar conclusões, a equipe de investigação precisa aguardar todas as informações. O trabalho vem sendo realizado desde o desaparecimento dos dois técnicos. “Por enquanto não conseguimos deduzir o que aconteceu. Depois dos resultados, vamos fazer isso mais claramente”, afirmou.

A equipe do Diário consultou a SSP (Secretaria da Segurança Pública), que informou que os documentos oficiais do IML ainda não estão prontos e não foram divulgados.

CASO

Os funcionários da Sabesp desapareceram no dia 28 de junho na Represa Billings, no Riacho Grande, próximo à Rodovia Anchieta. Ambos saíram na parte da manhã para coletar amostras de água do reservatório.

O corpo de Josileu Fontes da Silva foi encontrado no dia 30, enquanto Jorge Jurkonis foi achado no dia 1º. Os dois funcionários estavam em locais próximos e nenhum deles utilizava os coletes salva-vidas, que foram encontrados junto com o barco.

Os dois eram profissionais experientes da empresa, sendo que Jurkonis era técnico há 26 anos e Silva, há 18. Na ocasião, a Sabesp lamentou o acontecido e declarou que prestou toda a assistência aos familiares das vítimas.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Técnico morreu afogado, diz laudo

Segundo delegada, apenas o documento do funcionário da Sabesp Josileu da Silva está pronto

Yara Ferraz
Do Diário do Grande ABC

09/05/2015 | 07:00


O exame necroscópico do técnico da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) Josileu Fontes da Silva, 39 anos, determinou que ele morreu por asfixia em decorrência de afogamento. O corpo do trabalhador foi encontrado na Represa Billings no dia 30 de abril.

Conforme a delegada titular do 6º DP (Baeta Neves), Kátia Regina Cristofaro Martins, responsável pelas investigações do caso, o documento foi o único recebido por ela até agora. Ele é produzido pelo IML (Instituto Médico-Legal).

“Por enquanto só temos a necrópsia do Josileu. Ainda aguardo o exame toxicológico, que determina álcool ou outras substâncias no sangue. A documentação do outro funcionário, o Jorge (Jurkonis, 46), não foi liberada ainda”, garantiu.

A delegada também aguarda laudo do IC (Instituto de Criminalística), que foi pedido assim que o barco foi encontrado à deriva na represa. A previsão é que a papelada fique pronta em até 30 dias. “Pode ser que liberem antes, como aconteceu com o do Josileu, mas costumam ficar prontos em, no máximo, este período.”

Para tirar conclusões, a equipe de investigação precisa aguardar todas as informações. O trabalho vem sendo realizado desde o desaparecimento dos dois técnicos. “Por enquanto não conseguimos deduzir o que aconteceu. Depois dos resultados, vamos fazer isso mais claramente”, afirmou.

A equipe do Diário consultou a SSP (Secretaria da Segurança Pública), que informou que os documentos oficiais do IML ainda não estão prontos e não foram divulgados.

CASO

Os funcionários da Sabesp desapareceram no dia 28 de junho na Represa Billings, no Riacho Grande, próximo à Rodovia Anchieta. Ambos saíram na parte da manhã para coletar amostras de água do reservatório.

O corpo de Josileu Fontes da Silva foi encontrado no dia 30, enquanto Jorge Jurkonis foi achado no dia 1º. Os dois funcionários estavam em locais próximos e nenhum deles utilizava os coletes salva-vidas, que foram encontrados junto com o barco.

Os dois eram profissionais experientes da empresa, sendo que Jurkonis era técnico há 26 anos e Silva, há 18. Na ocasião, a Sabesp lamentou o acontecido e declarou que prestou toda a assistência aos familiares das vítimas.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;