Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 22 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Bovespa fecha em queda de 1,14%


Do Diário OnLine

12/05/2004 | 18:51


A Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) acompanhou o cenário externo de instabilidades e voltou a despencar nesta quarta-feira. O seu principal índice, o Ibovespa, registrou queda de 1,14% e fechou aos 18.325 pontos. O volume financeiro totalizou R$ 1,126 bilhão.

Novamente os investidores seguiram atentos à divulgação dos indicadores sobre a economia dos EUA. Na quinta-feira, o governo americano deve soltar os números sobre a inflação no atacado e no varejo do país. Os resultados são importantes porque podem sinalizar um aumento a longo ou a curto prazo na taxa de juros dos Estados Unidos.

Além disso, a disparada no preço do petróleo assustou o mercado financeiro. A cotação do barril superou a margem de recorde histórico, de US$ 40, e fechou o dia a US$ 40,47.

Internamente, os investidores reagiram mal à aprovação do fim das taxas básicas de telefonia fixa. Nesta quarta-feira, as ações do setor obtiveram queda de 1,9/% a mais que a média de outros papéis.

Entre as 54 ações da carteira paulista, as baixas mais significativas ficaram com Embratel Participações PN (-6,9%) e Eletropaulo PN (-6,6%). Já as maiores altas foram de Tele Leste Celular PN (+6,2%) e Telemig Participações PN (-3,9%).

Títulos - O cenário desfavorável também refletiu no mercado de títulos. O C-Bond fechou em queda de 0,84%, cotado a 87,50% do seu valor de face. Já o risco-país encerrou o dia em alta de 1,61%, aos 755 pontos-base.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Bovespa fecha em queda de 1,14%

Do Diário OnLine

12/05/2004 | 18:51


A Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) acompanhou o cenário externo de instabilidades e voltou a despencar nesta quarta-feira. O seu principal índice, o Ibovespa, registrou queda de 1,14% e fechou aos 18.325 pontos. O volume financeiro totalizou R$ 1,126 bilhão.

Novamente os investidores seguiram atentos à divulgação dos indicadores sobre a economia dos EUA. Na quinta-feira, o governo americano deve soltar os números sobre a inflação no atacado e no varejo do país. Os resultados são importantes porque podem sinalizar um aumento a longo ou a curto prazo na taxa de juros dos Estados Unidos.

Além disso, a disparada no preço do petróleo assustou o mercado financeiro. A cotação do barril superou a margem de recorde histórico, de US$ 40, e fechou o dia a US$ 40,47.

Internamente, os investidores reagiram mal à aprovação do fim das taxas básicas de telefonia fixa. Nesta quarta-feira, as ações do setor obtiveram queda de 1,9/% a mais que a média de outros papéis.

Entre as 54 ações da carteira paulista, as baixas mais significativas ficaram com Embratel Participações PN (-6,9%) e Eletropaulo PN (-6,6%). Já as maiores altas foram de Tele Leste Celular PN (+6,2%) e Telemig Participações PN (-3,9%).

Títulos - O cenário desfavorável também refletiu no mercado de títulos. O C-Bond fechou em queda de 0,84%, cotado a 87,50% do seu valor de face. Já o risco-país encerrou o dia em alta de 1,61%, aos 755 pontos-base.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;