Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 20 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Sidão e o efeito dominó das contas


Beto Silva
Do Diário do Grande ABC

30/04/2015 | 07:00


O TCE (Tribunal de Contas do Estado) julgou irregulares as contas de 2012 do vereador Sidão da Padaria (PSB), quando esteve à frente da Câmara de São Caetano. O órgão fiscalizador apontou falta de relatórios periódicos, aumento da taxa de despesa com pessoal, falhas de instrução em contratos, disparidade na ocupação de cargos comissionados em relação aos concursados, pagamentos exacerbados de gratificações via RET (Regime Especial de Trabalho), entre outros problemas. Com a rejeição das finanças, sua candidatura à reeleição em 2016 fica prejudicada. Ainda cabe recursos no próprio TCE. Mas dificilmente a entidade muda suas análises. Daí restaria a Sidão a busca de liminar na Justiça comum para concorrer. Situação complicada? Sim, mas pode piorar, já que as contas de 2011 do ex-presidente do Legislativo vão ser apreciadas pelo tribunal na semana que vem. E elas podem balizar as conclusões dos demais anos, em efeito dominó, pois são praticamente os mesmos erros cometidos ano a ano. Se forem aprovadas, o parlamentar terá maior chance de alterar a decisão negativa das planilhas de 2012. E ainda restarão as contas de 2013 e 2014. Caso as de 2011 receba parecer irregular, as contas subsequentes devem seguir o mesmo teor. E aí precisará, no fim do processo, buscar quatro liminares para disputar cadeira no Legislativo ano que vem. Missão quase impossível. Se forem aprovadas, as chances de análises positivas das demais finanças são maiores. Tudo está nas mãos do conselheiro Dimas Ramalho, que vai encaminhar o voto. Enquanto isso, Sidão fica cada vez mais apreensivo.

Amarrados
As presenças dos vereadores Marcos Pinchiari (Pros) e Sargento Juliano (PMDB) na entrega de ala do CHM (Centro Hospitalar Municipal), terça-feira à tarde, causaram ciumeira na bancada petista. Os vereadores do PT reclamaram que o evento oficial ocorreu no mesmo horário da sessão. Eles queriam sair na foto ao lado do prefeito Carlos Grana (PT), mas não dava para sair todo mundo do plenário porque havia projeto do governo a ser votado.

Sessão antecipada
Os vereadores de Diadema mudaram o horário da sessão de hoje, véspera do feriado do Dia do Trabalho. As plenárias que normalmente começam às 14h e vão até o fim da tarde terá início às 10h. Alguém duvida que a atividade parlamentar será relâmpago, para depois do almoço vossas excelências pegarem a estrada para aproveitar o feriado prolongado? Afinal, quem gosta de pegar trânsito nas rodovias?

Despoluição
Requerimento do deputado federal Alex Manente (PPS) convoca audiência pública para debater a despoluição da Baía de Guanabara e da Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro. “A situação é bastante crítica”, disse Alex, ao referir-se ao elevado nível de poluentes presentes nas águas. O popular-socialista, que preside a Comissão de Turismo na Câmara, vistoriou nesta semana o Parque Olímpico e na Vila dos Atletas, na capital do Rio de Janeiro, instalações da Olimpíada de 2016.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Sidão e o efeito dominó das contas

Beto Silva
Do Diário do Grande ABC

30/04/2015 | 07:00


O TCE (Tribunal de Contas do Estado) julgou irregulares as contas de 2012 do vereador Sidão da Padaria (PSB), quando esteve à frente da Câmara de São Caetano. O órgão fiscalizador apontou falta de relatórios periódicos, aumento da taxa de despesa com pessoal, falhas de instrução em contratos, disparidade na ocupação de cargos comissionados em relação aos concursados, pagamentos exacerbados de gratificações via RET (Regime Especial de Trabalho), entre outros problemas. Com a rejeição das finanças, sua candidatura à reeleição em 2016 fica prejudicada. Ainda cabe recursos no próprio TCE. Mas dificilmente a entidade muda suas análises. Daí restaria a Sidão a busca de liminar na Justiça comum para concorrer. Situação complicada? Sim, mas pode piorar, já que as contas de 2011 do ex-presidente do Legislativo vão ser apreciadas pelo tribunal na semana que vem. E elas podem balizar as conclusões dos demais anos, em efeito dominó, pois são praticamente os mesmos erros cometidos ano a ano. Se forem aprovadas, o parlamentar terá maior chance de alterar a decisão negativa das planilhas de 2012. E ainda restarão as contas de 2013 e 2014. Caso as de 2011 receba parecer irregular, as contas subsequentes devem seguir o mesmo teor. E aí precisará, no fim do processo, buscar quatro liminares para disputar cadeira no Legislativo ano que vem. Missão quase impossível. Se forem aprovadas, as chances de análises positivas das demais finanças são maiores. Tudo está nas mãos do conselheiro Dimas Ramalho, que vai encaminhar o voto. Enquanto isso, Sidão fica cada vez mais apreensivo.

Amarrados
As presenças dos vereadores Marcos Pinchiari (Pros) e Sargento Juliano (PMDB) na entrega de ala do CHM (Centro Hospitalar Municipal), terça-feira à tarde, causaram ciumeira na bancada petista. Os vereadores do PT reclamaram que o evento oficial ocorreu no mesmo horário da sessão. Eles queriam sair na foto ao lado do prefeito Carlos Grana (PT), mas não dava para sair todo mundo do plenário porque havia projeto do governo a ser votado.

Sessão antecipada
Os vereadores de Diadema mudaram o horário da sessão de hoje, véspera do feriado do Dia do Trabalho. As plenárias que normalmente começam às 14h e vão até o fim da tarde terá início às 10h. Alguém duvida que a atividade parlamentar será relâmpago, para depois do almoço vossas excelências pegarem a estrada para aproveitar o feriado prolongado? Afinal, quem gosta de pegar trânsito nas rodovias?

Despoluição
Requerimento do deputado federal Alex Manente (PPS) convoca audiência pública para debater a despoluição da Baía de Guanabara e da Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro. “A situação é bastante crítica”, disse Alex, ao referir-se ao elevado nível de poluentes presentes nas águas. O popular-socialista, que preside a Comissão de Turismo na Câmara, vistoriou nesta semana o Parque Olímpico e na Vila dos Atletas, na capital do Rio de Janeiro, instalações da Olimpíada de 2016.  

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;