Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 21 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Surgem novos casos de abusos em prisões no Afeganistão e Iraque


Da AFP

18/02/2005 | 08:44


Documentos do Exército dos Estados Unidos revelam a existência de novos casos de torturas contra prisioneiros no Iraque e Afeganistão, especialmente agressões e simulações de execuções, que foram objeto de uma investigação não concluída por falta de provas.

Os documentos da divisão de investigação criminal do Exército são os últimos de uma série divulgada por decisão judicial, após um pedido da ACLU, a principal organização americana de defesa das liberdades individuais.

O caso mais grave é o de um iraquiano preso em Tikrit, que afirmou que soldados americanos à paisana deslocaram seus ombros, pisaram em seu rosto, atacaram suas pernas com um bastão de beisebol, colocaram uma pistola em sua boca e o estrangularam com uma corda durante os dias de interrogatórios.

Preso durante uma operação no dia 8 de setembro de 2003, o detento assinou em novembro uma declaração na qual negavas os maus-tratos. Porém, em agosto de 2004 explicou aos investigadores que havia assinado o papel depois de ter sido advertido que se não o fizesse não seria libertado.

Um exame médico realizado durante a investigação mostrou que o preso ainda tinha marcas e cicatrizes na perna esquerda.

Já os soldados que o prenderam como suspeito de financiar a insurreição iraquiana desmentiram as acusações de maus-tratos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;