Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 3 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

S.Caetano tem 55,9% de chance de subir; Ramalhão só 0,5%

Andréa Iseki/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Ferroviária está praticamente garantida na elite;
Água Santa surge com 23,3% de possibilidade


Felipe Simões
Do Diário do Grande ABC

11/04/2015 | 07:00


O levantamento que o Diário realizou na edição de ontem sobre as chances dos clubes do Grande ABC de subir à Série A-1 do Paulista mostrou que o São Caetano é o que tem mais possibilidades de subir e o Santo André, menos. E os números respaldam isso. A pedido do Diário, o estatístico Marcelo Leme de Arruda, mantenedor do site Chance de Gol (www.chancedegol.com.br), fez as contas e comprovou: o Azulão tem 55,9% de chances de integrar a elite em 2016. Já o Água Santa tem 23,3%, e o Ramalhão está quase eliminado, com apenas 0,5%.

Arruda colocou em números aquilo que o torcedor leva em consideração na hora de analisar a chance de acesso de sua equipe: os jogos que já ocorreram e a tabela futura. O estatístico criou um índice de qualidade técnica levando em consideração essas informações para determinar a possibilidade de certa equipe perder, empatar ou vencer.

É justamente por isso que Oeste, o quarto colocado, por exemplo, aparece com 80,6% de chances de subir, enquanto Independente, o vice-líder, e Novorizontino, o terceiro, surgem com 58,9% e 58,8%, respectivamente.

Já o São Caetano, o quinto, tem 55,9% e é o time da região com mais possibilidades de subir, seguido por União Barbarense, em sexto, com 17,2%. Em sétimo, o Água Santa tem 23,3%. Mirassol (5,2%), Guarani (0,7%) e Santo André (0,5%) têm chances matemáticas, mesma situação de Rio Branco e Paulista, com menos de 0,01%.

Arruda também calculou qual deve ser a pontuação mínima para o acesso. Segundo o estatístico, só existe 0,3% de chance de subir com 33 pontos, aumentando para 5,1% com 34, 18,9% com 35, 50,1% com 36, 83,6% com 37, 95,9% com 38 e 99,5% com 39. A garantia mesmo só vem com 42, quando existe a certeza do acesso: 100%.

Com 12 pontos ainda em disputa, o Azulão pode chegar aos 41, enquanto o Netuno alcançaria os 38. O Santo André pode ir aos 35.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

S.Caetano tem 55,9% de chance de subir; Ramalhão só 0,5%

Ferroviária está praticamente garantida na elite;
Água Santa surge com 23,3% de possibilidade

Felipe Simões
Do Diário do Grande ABC

11/04/2015 | 07:00


O levantamento que o Diário realizou na edição de ontem sobre as chances dos clubes do Grande ABC de subir à Série A-1 do Paulista mostrou que o São Caetano é o que tem mais possibilidades de subir e o Santo André, menos. E os números respaldam isso. A pedido do Diário, o estatístico Marcelo Leme de Arruda, mantenedor do site Chance de Gol (www.chancedegol.com.br), fez as contas e comprovou: o Azulão tem 55,9% de chances de integrar a elite em 2016. Já o Água Santa tem 23,3%, e o Ramalhão está quase eliminado, com apenas 0,5%.

Arruda colocou em números aquilo que o torcedor leva em consideração na hora de analisar a chance de acesso de sua equipe: os jogos que já ocorreram e a tabela futura. O estatístico criou um índice de qualidade técnica levando em consideração essas informações para determinar a possibilidade de certa equipe perder, empatar ou vencer.

É justamente por isso que Oeste, o quarto colocado, por exemplo, aparece com 80,6% de chances de subir, enquanto Independente, o vice-líder, e Novorizontino, o terceiro, surgem com 58,9% e 58,8%, respectivamente.

Já o São Caetano, o quinto, tem 55,9% e é o time da região com mais possibilidades de subir, seguido por União Barbarense, em sexto, com 17,2%. Em sétimo, o Água Santa tem 23,3%. Mirassol (5,2%), Guarani (0,7%) e Santo André (0,5%) têm chances matemáticas, mesma situação de Rio Branco e Paulista, com menos de 0,01%.

Arruda também calculou qual deve ser a pontuação mínima para o acesso. Segundo o estatístico, só existe 0,3% de chance de subir com 33 pontos, aumentando para 5,1% com 34, 18,9% com 35, 50,1% com 36, 83,6% com 37, 95,9% com 38 e 99,5% com 39. A garantia mesmo só vem com 42, quando existe a certeza do acesso: 100%.

Com 12 pontos ainda em disputa, o Azulão pode chegar aos 41, enquanto o Netuno alcançaria os 38. O Santo André pode ir aos 35.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;