Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 28 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

BID libera verbas para obras viárias em Sto.André


Daniel Macário
Especial para o Diário

05/04/2015 | 07:00


Considerado o principal projeto de mobilidade urbana para o município em 2015, as obras no sistema viário estrutural de Santo André receberam aval positivo do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) quanto a amostra apresentada. O plano terá investimento de R$ 120 milhões e deverá receber suas primeiras intervenções no segundo semestre deste ano.

O contrato, que receberá ajustes finais na semana de aniversário da cidade, será o primeiro da história assinado entre a Prefeitura e o BID. Para isso, foi necessário um processo de visitas. “Para iniciarmos a negociação foi necessário expor os projetos prioritários que tínhamos. Dentre eles, um grupo responsável pela autorização do convênio acabou escolhendo uma amostra para realizar o certame e financiamento”, relata o secretário de Mobilidade Urbana, Obras e Serviços Públicos, Paulinho Serra.

No projeto estão inclusos o alteamento da Avenida dos Estados, na altura do Viaduto Castelo Branco, no bairro Santa Terezinha, a construção da segunda alça do Viaduto Antônio Adib Chammas, no Centro, e o corredor Centro – Santos Dumont.

De acordo o secretário, o cronograma para as três obras já está definido. “Pretendemos iniciar as obras no segundo semestre. Provavelmente, o Viaduto Antônio Adib Chammas e Centro ainda neste ano. E início de 2016 o do alteamento da Avenida dos Estados.”

Dentre as obras, duas visam minimizar problemas no trajeto entre Centro e bairros do 2º Subdistrito. O projeto do Viaduto Antônio Adib Chammas atende demanda antiga de ampliar o viaduto que da acesso à Avenida dos Estados. Já as obras no bairro Santa Terezinha irão minimizar impactos do trânsito intenso da área.

“No projeto da Avenida dos Estados a solução mais barata e que tem o maior efeito na relação custo/ benefício é o alteamento. Hoje, o semáforo favorece os motoristas que vêm pela avenida, enquanto o trânsito fica travado para quem vem do Viaduto Presidente Castelo Branco. Com as obras de alteamento vamos inverter a situação.” 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;