Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 24 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Ladrão de motos pode ser o maníaco que atacou na região

Vítimas farão hoje o reconhecimento de homem preso em flagrante


Rafael Ribeiro
Do Diário do Grande ABC

05/01/2012 | 07:00


As vítimas dirão se o ladrão de motos Welber Ferreira da Costa, 22 anos, de Diadema, é o maníaco da moto, responsável pelo estupro de sete mulheres no Grande ABC no fim do ano passado.

Preso em flagrante por roubo e posse de duas motos em dezembro, Costa tem muita semelhança física com o retrato falado do criminoso. Chamou a atenção da polícia justamente o fato de ele manter veículos das mesmas cores citadas pelas vítimas, que hoje vão ao CDP de São Bernardo para o reconhecimento.

Desde novembro não há mais ocorrências registradas do maníaco. Nelson Nassip, delegado do 8º DP (Jardim Campestre), diz que o criminoso se assustou com a ‘fama'. "Ele tem medo de ser reconhecido. Acreditamos que ele tenha viajado."



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ladrão de motos pode ser o maníaco que atacou na região

Vítimas farão hoje o reconhecimento de homem preso em flagrante

Rafael Ribeiro
Do Diário do Grande ABC

05/01/2012 | 07:00


As vítimas dirão se o ladrão de motos Welber Ferreira da Costa, 22 anos, de Diadema, é o maníaco da moto, responsável pelo estupro de sete mulheres no Grande ABC no fim do ano passado.

Preso em flagrante por roubo e posse de duas motos em dezembro, Costa tem muita semelhança física com o retrato falado do criminoso. Chamou a atenção da polícia justamente o fato de ele manter veículos das mesmas cores citadas pelas vítimas, que hoje vão ao CDP de São Bernardo para o reconhecimento.

Desde novembro não há mais ocorrências registradas do maníaco. Nelson Nassip, delegado do 8º DP (Jardim Campestre), diz que o criminoso se assustou com a ‘fama'. "Ele tem medo de ser reconhecido. Acreditamos que ele tenha viajado."

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;