Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 11 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Banco Central da China promete manter liquidez adequada para economia



03/04/2015 | 08:32


O Banco Central da China disse que manterá liquidez adequada no mercado, uma vez que a economia enfrenta crescente enfraquecimento. Em nota, o Banco do Povo da China comentou que, após o encontro de política monetária do primeiro trimestre, aumentará esforços para reduzir o custo do financiamento para tomadores e manterá crescimento razoável do crédito.

O crescimento econômico da China foi de 7,4% em 2014, o menor em mais de duas décadas. As estimativas para a expansão este ano estão em torno de 7%.

O BC chinês também pontuou que manterá o yuan em patamar adequado. A moeda chinesa recuou cerca de 2,5% em relação ao dólar no ano passado e iniciou este ano perdendo mais terreno. Recentemente, entretanto, recuperou as perdas de 2015 e alguns analistas relacionaram o fortalecimento da moeda a um suporte da autoridade monetária. Fonte: Dow Jones Newswire.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Banco Central da China promete manter liquidez adequada para economia


03/04/2015 | 08:32


O Banco Central da China disse que manterá liquidez adequada no mercado, uma vez que a economia enfrenta crescente enfraquecimento. Em nota, o Banco do Povo da China comentou que, após o encontro de política monetária do primeiro trimestre, aumentará esforços para reduzir o custo do financiamento para tomadores e manterá crescimento razoável do crédito.

O crescimento econômico da China foi de 7,4% em 2014, o menor em mais de duas décadas. As estimativas para a expansão este ano estão em torno de 7%.

O BC chinês também pontuou que manterá o yuan em patamar adequado. A moeda chinesa recuou cerca de 2,5% em relação ao dólar no ano passado e iniciou este ano perdendo mais terreno. Recentemente, entretanto, recuperou as perdas de 2015 e alguns analistas relacionaram o fortalecimento da moeda a um suporte da autoridade monetária. Fonte: Dow Jones Newswire.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;