Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 22 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Abramat: setor de materiais de construção vê cenário menos pessimista para abril



01/04/2015 | 13:01


Os empresários do setor de material de construção estão menos pessimistas com o cenário de abril, após notarem um desempenho mais positivo do mercado interno no mês passado. Entre os entrevistados pela Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat), 35% consideraram bons os resultados de março, enquanto 38% disseram que o período foi regular e 26% assinalaram o mês como ruim. Para abril, 21% das companhias projetam boas vendas, 59% têm expectativas regulares e outros 21% acreditam em um ambiente ruim ou muito ruim.

Após recuar para o seu pior nível histórico em fevereiro, a intenção de investimentos nos próximos 12 meses se manteve estável na passagem para março. Apenas 47% dos executivos ouvidos pela pesquisa assinalaram o desejo de investir em seus negócios neste ano, ante 71% no mesmo período de 2014.

As expectativas sobre as ações do governo para o setor, por outro lado, pioraram e 6% dos empresários se disseram otimistas com os resultados das iniciativas federais, ante 11% em fevereiro. Os que se disseram pessimistas eram 44% e os indiferentes somavam 50% dos entrevistados.

O presidente da Abramat, Walter Cover, destacou que a indústria de materiais, que apesar da queda nas vendas não demitiu funcionários em 2014, começou a dispensar funcionários no início deste ano. De acordo com ele, para melhorar suas expectativas, o setor espera o lançamento da terceira fase do Minha Casa Minha Vida, uma aceleração no processo de oferta de concessões e a flexibilização da proposta de mudança na desoneração da folha de pagamento.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Abramat: setor de materiais de construção vê cenário menos pessimista para abril


01/04/2015 | 13:01


Os empresários do setor de material de construção estão menos pessimistas com o cenário de abril, após notarem um desempenho mais positivo do mercado interno no mês passado. Entre os entrevistados pela Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat), 35% consideraram bons os resultados de março, enquanto 38% disseram que o período foi regular e 26% assinalaram o mês como ruim. Para abril, 21% das companhias projetam boas vendas, 59% têm expectativas regulares e outros 21% acreditam em um ambiente ruim ou muito ruim.

Após recuar para o seu pior nível histórico em fevereiro, a intenção de investimentos nos próximos 12 meses se manteve estável na passagem para março. Apenas 47% dos executivos ouvidos pela pesquisa assinalaram o desejo de investir em seus negócios neste ano, ante 71% no mesmo período de 2014.

As expectativas sobre as ações do governo para o setor, por outro lado, pioraram e 6% dos empresários se disseram otimistas com os resultados das iniciativas federais, ante 11% em fevereiro. Os que se disseram pessimistas eram 44% e os indiferentes somavam 50% dos entrevistados.

O presidente da Abramat, Walter Cover, destacou que a indústria de materiais, que apesar da queda nas vendas não demitiu funcionários em 2014, começou a dispensar funcionários no início deste ano. De acordo com ele, para melhorar suas expectativas, o setor espera o lançamento da terceira fase do Minha Casa Minha Vida, uma aceleração no processo de oferta de concessões e a flexibilização da proposta de mudança na desoneração da folha de pagamento.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;