Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 28 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Para Bahia, projeto foi entrave para assumir Pasta

Montagem/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Vereador de Sto.André crê que Grana não viu pedidos ao Esporte com bons olhos; prefeito desconvidou democrata


Caio dos Reis
Especial para o Diário

24/03/2015 | 07:00


Depois de ver o prefeito de Santo André, Carlos Grana (PT), retirar convite para o comando da Secretaria de Esportes e Lazer, o vereador Evilasio Santana, o Bahia (DEM), afirmou que o recuo do petista ocorreu pela extensa lista de projetos proposta por ele ao chefe do Executivo em conversa entre os dois na sexta-feira.

Segundo Bahia, foi colocada à mesa de negociações a necessidade de construção de dois campos com gramado sintético, reforma de 15 quadras esportivas, do Ginásio Pedro Dell’Antonia e do Estádio Bruno José Daniel. Outra proposta foi desconto de 1% nos tributos municipais a empresas que investissem no esporte municipal.

“Percebi que quando incluí isso na conversa o prefeito torceu o nariz. Eu acho que isso aconteceu porque ele não esperava isso e (achava) que eu seria um secretário que iria chegar lá e ele me diria o que eu tinha de fazer”, afirmou.

Na sexta-feira à noite, Grana anunciou o encerramento da negociação com Bahia. A crítica principal foi, segundo o petista, a forma como o parlamentar conduziu a situação, já revelando que seria secretário antes mesmo de o prefeito ter efetuado conversa com o núcleo duro do Paço. Outra situação que irritou Grana foi o fato de Bahia ter criticado duramente o alto escalão da administração, citando Arlindo José de Lima (PT), secretário de Governo, Alberto Alves de Souza (PT), de Planejamento e Orçamento Participativo, e Carlos Sanches, o Carlão (PT), que chefia o gabinete.

Bahia reconheceu falha no diálogo, entretanto culpou a Prefeitura. “Faltaram articulação e informação. Hoje a gente tem o Esporte muito enfraquecido. O esporte de alto rendimento, como o basquete, natação, vôlei e o futebol profissional, e o amador estão esquecidos na nossa cidade.”

Integrante do G-12, grupo de vereadores de independência ao governo Grana na Câmara, Bahia acredita que outro parlamentar será sondado pelo prefeito para a Pasta, hoje chefiada por Marta Sobral. Além dele, o chefe do Executivo convidou Ailton Lima (SD) – também do G-12 – para a Secretaria de Desenvolvimento Econômico. Ouviu recusa do vereador. “Eu agradeço o convite do prefeito, que em alguns momentos chegou a até recusar que ele tinha existido. Caso ele opte trocar de secretário, a solução já está na mão. É só seguir o projeto que eu elaborei”, emendou Bahia.

Arlindo evitou polemizar com o quase colega de primeiro escalão. “Falei com o Bahia hoje (ontem) e tivemos um bom diálogo. A ideia é manter essas conversas com todos os parlamentares e não rebater. Essa é a orientação que nós temos do prefeito.” 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;