Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Oposição requer ação civil por merenda integral de S.Bernardo

Marina Brandão/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Julinho argumenta que Cleuza anunciou que irá manter plano alimentar, com corte de refeição


Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

20/03/2015 | 07:00


A oposição de São Bernardo pediu ao promotor Jairo Edward de Luca para que haja instauração de ação civil pública contra a Prefeitura, já que a secretária de Educação, Cleuza Repulho (PT), anunciou que não vai rever o novo plano alimentar da rede, que cortou a merenda nas escolas municipais.

Jairo Edward de Luca é o responsável por avaliar a legalidade do ato tomado por Cleuza no início do ano. Ela retirou o café da manhã de alunos do período matutino e cancelou o almoço dos estudantes do vespertino. A medida afetou 85 mil matriculados em 200 escolas.

“Protocolei ofício ao doutor Jairo porque ficou claro que a administração (de Luiz Marinho, do PT) não vai voltar atrás e vai manter o corte na merenda. O promotor já se posicionou a favor da volta da merenda integral. Então, apenas ação civil pública pode regularizar a situação”, disse o vereador Julinho Fuzari, também presidente do PPS municipal.

Cleuza esteve na Câmara na quarta-feira, em sabatina com vereadores, e anunciou que o plano alimentar foi alterado para poder reduzir a quantidade de açúcares e gordura no cardápio das crianças. Não justificou, entretanto, os motivos pelos quais houve corte total do café da manhã e do almoço.

COMISSIONADOS

Julinho afirmou que não vai ingressar com ação contra o governo Marinho por ter colocado, em peso, funcionários comissionados em expediente no plenário para impedir a entrada de manifestantes e para aplaudir Cleuza em todas as falas. Para o vereador, não pode haver mudança de foco.

“A nossa briga é pela volta da merenda. Sabemos da prática deles (petistas), que se colocam como paladinos da democracia e dos direitos humanos. Armaram um circo, com conivência da base aliada”, discorreu. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;