Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 17 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Assembleia fará sessões no Interior


Wilson Marini
Para o Diário do Grande ABC

19/03/2015 | 07:00


Ao tomar posse domingo como presidente da Assembleia Legislativa por dois anos, Fernando Capez (PSDB) anunciou a realização de sessões itinerantes no interior paulista, além do Litoral e a região metropolitana de São Paulo. O objetivo é o de “aproximar o Parlamento da sociedade, ocasião em que o deputado da sua região terá a oportunidade de representar o presidente naquela sessão”. Não deu detalhes. Capez, eleito por 92 votos a 2, acenou com outras inovações como a discussão de um sistema para avaliar o desempenho da máquina pública e papel ativo da Casa na fiscalização ao Executivo para maior controle dos gastos públicos. Em seu discurso exaltou a necessidade de reconduzir o Parlamento a uma posição de destaque, revertendo a atual “hipertrofia do Executivo e do Judiciário, à custa da atrofia do Legislativo”. Capez é procurador de Justiça. Ingressou no Ministério Público em 1988, quando integrou o primeiro grupo de promotores responsáveis pela defesa do patrimônio público e da cidadania, destacando-se no combate à violência das torcidas organizadas e à “máfia do lixo”.

Frases
De Fernando Capez, ao tomar posse como presidente da Assembleia Legislativa:
“Combater pontos de traficância de drogas e seres humanos, medidas para conter a violência de torcidas, organizadas ou não, no futebol, solução para a crise hídrica e ambiental, melhoria do desempenho dos serviços públicos de saúde e educação, ampliar o respeito ao consumidor, são algumas das bandeiras que, sugiro aos meus colegas, possa a Assembleia Legislativa desempenhar nesta Legislatura com a máxima eficiência”.

“Austeridade significa investir bem, sem desperdício. Não apenas ordenar a despesa com absoluta regularidade e respeito aos princípios da administração pública, mas sobretudo zelar para que o gasto tenha produzido um resultado final útil para a sociedade”.

“É necessário, para o bem do Estado Democrático de Direito, reequilibrar o sistema e contribuir efetivamente para que tenhamos um país mais eficiente, menos ideológico, em que se produzem riquezas para depois distribuí-las. Como ensina Platão, antes de mudar o mundo, é necessário mudar a si mesmo”.

“Vamos verificar cada centavo que será gasto antes de ordenar e autorizar a despesa, dado que se cuida de recursos de terceiros, no caso da população paulista. Economizando, evitaremos que o dinheiro público seja tragado para o ralo sem volta da corrupção e do desperdício”.

“Eficiência significa nada mais nada menos do que resgatar para a Assembleia Paulista o seu protagonismo original. A Assembleia Legislativa vai voltar a assumir o seu protagonismo junto aos demais poderes”.

94 deputados
O percentual de renovação da Assembleia Legislativa para a legislatura que teve início domingo, é de 39,4%, o que significa que apenas 60,6% dos deputados estaduais conseguiram se reeleger em 2014. Com a posse dos 94 parlamentares, é esta a composição por partidos: PSDB (22 deputados), PT (14), DEM (8), PSB e PV (6 cada), PMDB (5), PRB e PSD (4 cada), PPS, PSC e PR (3 cada), PCdoB, PEN, PP, PTB, Psol e SD (2 cada) e PDT, PHS, PSL e PTN (1 cada). A bancada de apoio ao governo estadual mais uma vez será maioria.

Em família
Edmir Chedid (DEM) tomou posse domingo pela sexta vez consecutiva na Assembleia Legislativa. Antes dele, seu tio Nabi Abi Chedid, eleito pela primeira vez em 1958, exerceu dez mandatos. Portanto, há 56 anos um membro da família Chedid ocupa cargo eletivo no parlamento paulista. Nabi faleceu em 2006. Hafiz Abi Chedid e Saada Nader Abi Chedid, pais de Nabi e avós de Edmir, chegaram ao Brasil em 1938 vindos do Líbano.

Investimentos no Interior
A Desenvolve SP, agência de desenvolvimento do governo paulista, financiou R$ 1,8 bilhão para pequenas e médias empresas e municípios em seis anos de atividades. São 1.300 clientes em 242 cidades. Do valor total investido, 13% foram destinados a prefeituras para obras de infraestrutura. O setor que mais investiu em expansão e modernização foi a indústria, seguida por empresas prestadoras de serviços e do comércio. As principais linhas de financiamento destinam-se a projetos de ampliação, expansão e modernização de empresas; aquisição de máquinas e equipamentos; e capital de giro para projetos de inovação e abertura, ampliação e modernização de franquias.

Eleições na CNM
Surgiu uma voz dissonante na CNM (Confederação Nacional de Municípios). É o prefeito de Imigrante (Rio Grande do Sul), Celso Kaplan, que vai se candidatar a presidente. Se tiver êxito, acabaria com o continuísmo de Paulo Ziulkoski, há 17 anos à frente da entidade. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Assembleia fará sessões no Interior

Wilson Marini
Para o Diário do Grande ABC

19/03/2015 | 07:00


Ao tomar posse domingo como presidente da Assembleia Legislativa por dois anos, Fernando Capez (PSDB) anunciou a realização de sessões itinerantes no interior paulista, além do Litoral e a região metropolitana de São Paulo. O objetivo é o de “aproximar o Parlamento da sociedade, ocasião em que o deputado da sua região terá a oportunidade de representar o presidente naquela sessão”. Não deu detalhes. Capez, eleito por 92 votos a 2, acenou com outras inovações como a discussão de um sistema para avaliar o desempenho da máquina pública e papel ativo da Casa na fiscalização ao Executivo para maior controle dos gastos públicos. Em seu discurso exaltou a necessidade de reconduzir o Parlamento a uma posição de destaque, revertendo a atual “hipertrofia do Executivo e do Judiciário, à custa da atrofia do Legislativo”. Capez é procurador de Justiça. Ingressou no Ministério Público em 1988, quando integrou o primeiro grupo de promotores responsáveis pela defesa do patrimônio público e da cidadania, destacando-se no combate à violência das torcidas organizadas e à “máfia do lixo”.

Frases
De Fernando Capez, ao tomar posse como presidente da Assembleia Legislativa:
“Combater pontos de traficância de drogas e seres humanos, medidas para conter a violência de torcidas, organizadas ou não, no futebol, solução para a crise hídrica e ambiental, melhoria do desempenho dos serviços públicos de saúde e educação, ampliar o respeito ao consumidor, são algumas das bandeiras que, sugiro aos meus colegas, possa a Assembleia Legislativa desempenhar nesta Legislatura com a máxima eficiência”.

“Austeridade significa investir bem, sem desperdício. Não apenas ordenar a despesa com absoluta regularidade e respeito aos princípios da administração pública, mas sobretudo zelar para que o gasto tenha produzido um resultado final útil para a sociedade”.

“É necessário, para o bem do Estado Democrático de Direito, reequilibrar o sistema e contribuir efetivamente para que tenhamos um país mais eficiente, menos ideológico, em que se produzem riquezas para depois distribuí-las. Como ensina Platão, antes de mudar o mundo, é necessário mudar a si mesmo”.

“Vamos verificar cada centavo que será gasto antes de ordenar e autorizar a despesa, dado que se cuida de recursos de terceiros, no caso da população paulista. Economizando, evitaremos que o dinheiro público seja tragado para o ralo sem volta da corrupção e do desperdício”.

“Eficiência significa nada mais nada menos do que resgatar para a Assembleia Paulista o seu protagonismo original. A Assembleia Legislativa vai voltar a assumir o seu protagonismo junto aos demais poderes”.

94 deputados
O percentual de renovação da Assembleia Legislativa para a legislatura que teve início domingo, é de 39,4%, o que significa que apenas 60,6% dos deputados estaduais conseguiram se reeleger em 2014. Com a posse dos 94 parlamentares, é esta a composição por partidos: PSDB (22 deputados), PT (14), DEM (8), PSB e PV (6 cada), PMDB (5), PRB e PSD (4 cada), PPS, PSC e PR (3 cada), PCdoB, PEN, PP, PTB, Psol e SD (2 cada) e PDT, PHS, PSL e PTN (1 cada). A bancada de apoio ao governo estadual mais uma vez será maioria.

Em família
Edmir Chedid (DEM) tomou posse domingo pela sexta vez consecutiva na Assembleia Legislativa. Antes dele, seu tio Nabi Abi Chedid, eleito pela primeira vez em 1958, exerceu dez mandatos. Portanto, há 56 anos um membro da família Chedid ocupa cargo eletivo no parlamento paulista. Nabi faleceu em 2006. Hafiz Abi Chedid e Saada Nader Abi Chedid, pais de Nabi e avós de Edmir, chegaram ao Brasil em 1938 vindos do Líbano.

Investimentos no Interior
A Desenvolve SP, agência de desenvolvimento do governo paulista, financiou R$ 1,8 bilhão para pequenas e médias empresas e municípios em seis anos de atividades. São 1.300 clientes em 242 cidades. Do valor total investido, 13% foram destinados a prefeituras para obras de infraestrutura. O setor que mais investiu em expansão e modernização foi a indústria, seguida por empresas prestadoras de serviços e do comércio. As principais linhas de financiamento destinam-se a projetos de ampliação, expansão e modernização de empresas; aquisição de máquinas e equipamentos; e capital de giro para projetos de inovação e abertura, ampliação e modernização de franquias.

Eleições na CNM
Surgiu uma voz dissonante na CNM (Confederação Nacional de Municípios). É o prefeito de Imigrante (Rio Grande do Sul), Celso Kaplan, que vai se candidatar a presidente. Se tiver êxito, acabaria com o continuísmo de Paulo Ziulkoski, há 17 anos à frente da entidade. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;