Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 28 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Boaro crê em reviravolta e não teme possível demissão

Treinador confia em bom resultado diante do Timão, mesmo sob risco de deixar o Tigre


Thiago Bassan
Do Diário do Grande ABC

11/03/2015 | 07:00


Sem medo e confiante em vencer o Timão dentro de sua casa. Este é o espírito do São Bernardo, que enfrenta uma das melhores equipes do Campeonato hoje, às 22h, na Arena Corinthians. O técnico Edson Boaro acredita que seus jogadores possam surpreender, assim como fizeram na temporada passada.

Na terceira rodada do Paulistão de 2014, o Tigre venceu o Timão por 1 a 0, no Pacaembu. Naquela oportunidade, o Tigre iniciou o torneio com três vitórias seguidas, situação oposta à deste ano, onde o clube ocupa a 17ª colocação, com oito pontos, dentro da zona de rebaixamento. Mesmo com a disparidade entre as equipes em termos de classificação, o treinador vê o clube em condições de brilhar novamente.

“Futebol não tem ninguém imbatível. O Corinthians vem em sequência boa, muito bem preparado, mas surpresas podem acontecer. E podemos ser uma dessas. Vamos para a partida confiantes e determinados a buscar esta vitória. Na atual temporada, os (times) grandes não estão vacilando contra os pequenos. Mas isso não pode assustar. Vamos trabalhar com coragem e acreditar”, disse o treinador são-bernardense.

Há quatro jogos sem vencer no comando da equipe, Boaro não teme perder o cargo caso o Tigre seja derrotado pelo Timão. O treinador, que dirige o time profissional há dois anos – depois de ter trabalhado outros quatro nas categorias de base –, afirma que mudanças são normais dentro do futebol, mas não se abala com isso.

“Em qualquer outra equipe, já teriam mudado o treinador. Este ano tivemos muitas dificuldades por conta de lesões e jogadores que chegaram tarde ao clube. A diretoria confia no meu trabalho. Estou tranquilo. Não tenho conchavo com atletas ou empresários. Estou aqui por causa do trabalho. A possibilidade de mudança sempre existe. Se isso acontecer, vamos encarar da melhor maneira possível”, analisou.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;