Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 18 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

diarinho@dgabc.com.br | 4435-8396

Como colamos o osso quando ele quebra?

As fraturas podem ocorrer durante qualquer tipo de atividade, seja por contato físico ou não


Luís Felipe Soares

01/03/2015 | 07:10


Os ossos conseguem se colar sozinhos. Quando essa parte dura é quebrada, ela entra em processo natural de regeneração, no qual o corpo humano reconstrói a parte fraturada e toda a parte machucada. Esse tipo de lesão pode ocorrer por impacto com outras coisas ou por entorse, quando nos machucamos sozinhos.

O processo de ‘cura’ conta com seis etapas, que incluem a reconstrução dos vasos de sangue que existiam no interior do osso, a ação de células para a remoção de pedacinhos quebrados e a formação do chamado ‘calo ósseo’ (responsável por juntar a parte fraturada com a parte inteira do restante do esqueleto da área onde está a lesão). Superimportante para a saúde dos ossos, o cálcio é um mineral que viaja pelo corpo por meio do sangue e ajuda a fortalecer todo o esqueleto.

Em média, a recuperação para quem quebra um osso pode demorar quatro semanas. Os casos não muito complicados são resolvidos com a ajuda do gesso, que imobiliza a região da fratura para que a ‘cola’ não ocorra de maneira errada, com o osso podendo ficar torto. Já os machucados mais sérios são resolvidos por meio de cirurgias nas quais os médicos entram em contato direto com a lesão para a reconstrução do osso. É levado em conta os diferentes níveis de gravidade das lesões para saber qual é o melhor tipo de tratamento. O importante é fazer com que tudo fique o mais parecido possível com o que era antes do acidente.

CARACTERÍSTICAS

Os ossos, formados por fibras de proteína com sais e cálcio, são responsáveis por aguentar nosso corpo e se desenvolvem até o momento em que não existe mais área para o crescimento do esqueleto, por volta dos 14 ou 15 anos. As crianças nascem com número maior de ossos do que os adultos, mas eles não são tão duros quanto os dos mais velhos, pois ainda estão em formação. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;