Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 17 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Azulão encara pedreira na Série A-2

Andréa Iseki/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Equipe recebe o Novorizontino às 16h, e defesa tem missão de parar Guilherme Queiróz, um dos artilheiros da competição


Felipe Simões
Do Diário do Grande ABC

21/02/2015 | 07:00


Se quiser manter a ponta da Série A-2, o São Caetano vai precisar se superar às 16h de hoje, no Anacleto Campanella. Isso porque vai enfrentar uma pedreira: o Novorizontino.

Apesar da boa fase do Azulão (quatro vitórias e um empate) na competição, os comandados de Luís Carlos Martins vão precisar ter atenção com o adversário, que vive bom momento desde a Série A-3 do ano passado, como alerta o meia Xuxa.

“O jogo será muito difícil. É uma equipe que tem a base formada da Série A-3 do ano passado. Não vai ser fácil. Mas se nos impusermos dentro de casa, temos chance de vencer o jogo”, comentou o camisa 10.

Além de ter mantido o técnico Guilherme Alves, o Novorizontino preocupa porque tem um dos artilheiros da competição. Remanescente do elenco de 2014, o atacante Guilherme Queiróz vem repetindo as boas atuações que o sagraram um dos melhores goleadores da A-3 do ano passado, com nove gols, e já anotou cinco em 2015 – todos entrando no decorrer das partidas do Tigre, se tornando um desafio para a defesa azulina, a menos vazada da A-2 até o momento, com dois gols sofridos em cinco jogos.

Mas se o adversário possui uma válvula de escape, o Azulão também tem a sua. E são as bolas paradas com o meia Xuxa. No confronto com o Rio Branco, o camisa 10 deu quatro assistências para três gols (um deles foi anulado por impedimento). Segundo o jogador, a boa fase é fruto do trabalho do técnico, que treina exaustivamente esse tipo de lance.

“Os gols estão saindo de bola parada devido às repetições. O professor enche o nosso saco, no bom sentido, para bater no primeiro pau, no segundo. Tomara que aconteça mais vezes”, disse ele, que ainda busca o primeiro gol com a camisa azul desde o retorno ao clube.

“Espero que amanhã (hoje) possa sair o gol, mas o São Caetano vencendo é o que importa”, destacou Xuxa.

Sem desfalques, o Azulão deve ter o retorno de Wesley, que se recuperou de uma contratura muscular. Ele disputa vaga no ataque com Diogo Acosta e Robson.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;