Fechar
Publicidade

Domingo, 5 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Médico colombiano é morto pelas Farc


Da AFP

26/09/2003 | 23:01


As Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) mataram o médico colombiano Juan Carlos Fernández, diretor de um pequeno centro hospitalar no sudoeste do país, porque ele negou atendimento a rebeldes feridos nas montanhas do departamento de Cauca. A informação foi confirmada nesta sexta-feira pela polícia local.

De acordo com o coronel Mario Nel Flórez, o médico foi assassinado a tiros na noite de quinta-feira no município de Santander de Quilichao, onde trabalhava.

Colegas de Fernández disseram que o assassinato constitui uma "clara violação" do direito humanitário internacional, e pediram às autoridades de Cauca mais segurança e proteção às instituições de saúde.

Organismos humanitários nacionais e internacionais já pediram diversas vezes aos grupos armados que respeitem as missões médicas e permitam sua livre circulação pelo país.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;